segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Corpo de advogado é retirado de cacimba após 48 horas de operação


O exame cadavérico deve definir a causa da morte. O casal de funcionários do advogado segue preso.


Após 48 horas da operação que envolveu Corpo de Bombeiros, Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Perícia Forense e Polícia Militar, o trabalho de escavações em busca do corpo do advogado Aldrin Helanio Coelho Fonteles, de 47 anos, terminou. Na tarde deste domingo, 19, o corpo foi retirado da cacimba.

O advogado foi morto na quarta-feira, 15, e no dia seguinte arrastado e jogado na cacimba, que em seguida foi cimentada. Toda a ação aconteceu nas proximidades da Estrada do Iguape, em Aquiraz, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), em frente ao sítio da vítima. As informações são do titular da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Leonardo Barreto. 

 O corpo depois de retirado da cacimba e encaminhado à sede da Perícia Forense e deve passar pelo exame cadáverico.  

De acordo com a Polícia Civil, além do poço, de aproximadamente 30 metros de profundidade, as buscas também foram realizadas em outros locais da propriedade, como em mais dois poços, em um terreno baldio, em um viveiro de peixes e no banheiro que era usado pelo caseiro.
FONTE.JP 
JÉSSIKA SISNANDO

Local: Brasil
←  Anterior Proxima → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário