terça-feira, 9 de maio de 2017

Líder do sequestro de dom Aloísio Lorscheider é preso em Fortaleza; homem seria vinculado ao PCC

Além de Antônio de Carlos, não se sabe a identidade dos demais suspeitos e se eles também seriam oriundos do estado de São Paulo

“Carioca” foi líder do sequestro ao ex-cardeal arcebispo de Fortaleza, dom Aloísio Lorscheider, em 1994 ( Foto: Luciano Arruda / Arquivo DN )Antônio de Carlos Souza Barbosa, o “Carioca”, foi detido sem documentos e estaria com um mandado de prisão aberto em São Paulo ( Foto: Divulgação/Polícia Militar )

Oito homens, supostamente vinculados à facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), foram presos  em duas ações, realizadas nesta terça-feira (9). Segundo informações concedidas pela Polícia Militar, um dos suspeitos detidos seria Antônio Carlos Souza Barbosa, o “Carioca”, líder do sequestro ao ex-cardeal arcebispo de Fortaleza, dom Aloísio Lorscheider, em 1994.

Segundo o coronel Aginaldo Silva, comandante do Comando de Policiamento Especializado (CPE), o grupo estaria planejando um resgate a detentos em uma das Casas de Privação Provisória de Liberdade. Com a informação de que o grupo iria agir durante a madrugada, foram destacadas equipes do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) para cercar duas residências localizadas no bairro Quintino Cunha, onde os indivíduos estariam reunidos e munidos de armamentos que supostamente seriam utilizados nas ações de resgate. 

Nesta situação, foram autuados em flagrante cinco pessoas, dentre eles o Carioca. Além de Antônio de Carlos, não se sabe a identidade dos demais suspeitos e se eles também seriam oriundos do estado de São Paulo. 

Segunda ação

Em sequência, na manhã desta terça (9), outros três homens foram detidos por equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Um dos três homens, de 27 anos, seria foragido de uma das unidades da CPPL e estaria com um mandado de prisão em aberto. No total, também foram apreendidos 2 pistolas, 2 revólveres e um fuzil. Segundo a assessoria da PRF, o trio admitiu que seriam integrantes do PCC. Os suspeitos estão detidos na Superintendência da PF, onde prestarão depoimentos.

Além dos três detidos, também foram apreendidos 2 pistolas, 2 revólveres e um fuzil (Foto: Divulgação/PRF)


←  Anterior Proxima → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário