terça-feira, 23 de maio de 2017

Traficantes invadem residência e fuzilam casal na Barra do Ceará


Jocélia e Edson foram surpreendidos dentro de casa e atingidos com vários tiros de pistola
Um casal foi assassinado na noite desta segunda-feira (22), na Barra do Ceará, zona Oeste de Fortaleza. Segundo informações da Polícia Militar, o duplo homicídio pode estar ligado à ação de traficantes de drogas da região. As vítimas foram baleadas dentro de casa, depois que o imóvel foi invadido, por volta de 22 horas.
No local do crime, no cruzamento das ruas Omar Cardoso e Padre Guilhermino, foi  morta, a tiros, a dona da casa identificada como Jocélia Ferreira da Silva, 31 anos. Já o esposo dela, José Edson Alves do Nascimento, 28, ainda chegou a ser socorrido pelos vizinhos e levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Pirambu (Avenida Leste-Oeste), onde não resistiu aos graves ferimentos e morreu na Emergência.
Os criminosos teriam fugido do local em várias motocicletas, cruzando a ponte sobre o Rio Ceará e teriam ido se esconder na comunidade Parque Leblon, já no Município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), e até o começo da madrugada desta terça-feira (23) não haviam sido localizados.
Segundo a Polícia, supostamente o casal teria sido vítima de uma retaliação dos traficantes, já que tinha amizade com policiais militares que trabalham naquele bairro pertencente à Área Integrada de Segurança 8 (AIS-8).
Matança
Com o duplo homicídio registrado nesta segunda-feira subiu para 31 o número de assassinatos na Barra do Ceará neste ano, e d10 casos somente no mês de maio. No último sábado (20), um jovem identificado por Tiago Laurentino Costa, 24 anos, foi executado, a tiros, na Rua Barra Vento.
Já no último dia 15, dois corpos foram encontrados dentro de um carrinho de reciclagem deixado por bandidos no cruzamento das avenidas Senador Robert Kennedy e 20 de Janeiro, próximo à comunidade do Gueto. Um dos mortos foi decapitado e o outro esquartejado.  No dia anterior (14), outro corpo sem cabeça foi deixado pelos traficantes na Rua Moacir, no mesmo bairro. 
FONTE. FERNANDO RIBEIRO


←  Anterior Proxima → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário