quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Polícia identifica suspeito de matar cobrador durante assalto no Planalto Ayrton Senna

O suspeito apontado pela polícia como autor do latrocínio tem 19 anos e é morador do bairro onde o crime aconteceu


A Polícia Civil identificou um homem como suposto responsável por matar o cobrador da empresa Maraponga, Samuel da Silva Silvestre, de 19 anos, atingido por dois tiros na cabeça durante um assalto no final da linha do coletivo, no Planalto Ayrton Senna. De acordo com o inspetor Valdízio Júnior, do 8º Distrito Policial, ele foi identificado na noite desta quarta-feira, após denúncias anônimas.

Conforme Valdízio, as roupas e a bicicleta que o homem usava no momento da ação já foram recolhidas e encaminhadas para a delegacia. A arma utilizada no crime, no entanto, não foi encontrada. Ele ainda está foragido. 

O suspeito, conforme o levantamento da polícia, também tem 19 anos e é morador do bairro onde o crime aconteceu. Ele seria usuário de drogas e não possui antecedentes criminais.

Imagens da câmera de segurança do coletivo mostram o momento que o criminoso aborda Samuel, que estava sentado do lado de fora de uma padaria. Após entregar o celular, a vítima entra em luta corporal com o suspeito, que o acerta com dois disparos e foge em seguida. O cobrador chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital. A Polícia Civil está realizando diligências em busca do responsável pelo crime.

←  Anterior Proxima → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário