quinta-feira, 30 de novembro de 2017

FORTALEZA: HOMEM E EXECUTADO A BALA DENTRO DE POSTO DE COMBUSTÍVEL NO BAIRRO DO MONTESE . VEJA O VÍDEO

Um jovem de identidade desconhecida foi assassinado na noite desta quarta-feira (29), no bairro Parreão, em Fortaleza.
De acordo com informações da polícia, a vítima foi seguida e morta em um posto de combustíveis na Avenida dos Expedicionários.
Segundo a polícia, uma dupla em uma motocicleta seguia o jovem que também estava em uma motocicleta, quando foi atingido por disparos de arma de fogo na cabeça e morreu na hora. No momento da ação, a vítima estava ao lado de uma bomba de abastecimento do posto.
Ainda de acordo com informações da polícia, a arma utilizada no crime, foi uma pistola ponto 45. Os criminosos fugiram e não foram identificados. A polícia continua as investigações em busca dos suspeitos de terem praticado este homicídio.






Bando explode agência bancária em Campos Sales

Mais uma agência bancária foi alvo do ataque de bandidos no Ceará. Desta vez foi na cidade de Campos Sales, distante aproximadamente 482 km de Fortaleza.
De acordo com informações da polícia, um bando fortemente armado explodiu a agência da Caixa Econômica Federal, que fica localizada no município.

Os bandidos invadiram a agência e acionaram os dispositivos para a explosão, o estabelecimento ficou destruído. A polícia não soube informar se a quadrilha teve acesso ao dinheiro.
De acordo com a polícia, após a explosão a quadrilha roubou um táxi e fugiu em direção à CE-167, em direção ao estado do Piauí.
Policiais de Campos Sales e de municípios vizinhos realizaram buscas durante toda a madrugada, mas até o momento nenhum suspeito foi preso.
O delegado Bruno Fonseca, responsável pela delegacia do município, nos informou que a área do banco foi isolada e estão aguardando a chegada de equipes da Polícia Federal para repassar o caso para eles, já que o banco pertence a União.
Ainda de acordo com informações do delegado Bruno, a delegacia funciona em horário administrativo e no horário da explosão não estava funcionando e que só tinha tomado ciência sobre o ocorrido na manhã de hoje.
A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que viaturas foram acionadas, na madrugada desta quinta-feira (30), para uma ocorrência de ataque a uma agência bancária, na cidade de Campo Sales, na Região do Cariri. Além do policiamento do município, também foram deslocadas equipes de Antonina do Norte, Potengi, Salitre e Araripe.
Segundo a SSPDS, o fato ocorreu por volta das 4 horas, quando homens armados roubaram um taxista, no Centro do município, e em seguida, seguiram até o banco situado na Rua Cel. Baleco. Lá, eles disparam artefatos explosivos, que danificaram, parcialmente, a parte dianteira do prédio.

Após o fato, os suspeitos empreenderam fuga sentido ao bairro Aparecida, que dá acesso aos Estados de Pernambuco e Piauí. Equipes da PM ainda realizam buscas na região, no intuito de prender os envolvidos no crime. As investigações estão a cargo da Polícia Federal.

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

CINCO MULHERES FORAM ASSASSINADAS EM MENOS DE 24 HORAS EM FORTALEZA E NA REGIÃO METROPOLITANA E NO INTERIOR DO ESTADO.


VILA VELHA.




Um crime de execução foi registrado no final da manhã de hoje na capital cearense, o fato aconteceu no bairro vila velha, na avenida. Mozart Lucena, a vitima uma jovem aparentando ter 21 anos de idade foi executada a bala por um homem que atirou diversas vezes contra a vitima que estava em um estabelecimento comercial a mesma  foi seguida ate o local onde foi morta na frente de varias pessoas, uma câmera de segurança filmou toda ação criminosa e a frieza do assassino.
A divisão de homicídio e proteção a pessoa compareceu ao todas as evidencias foram recolhidas pelos peritos e as investigações já foram iniciadas para a policia e só uma questão de tempo para o assassino ser preso .





ITAPERY.



No começo da manhã de hoje a policia por volta das 05hrs30 foi acionada para um achado de cadáver no bairro Planalto do Itapery, um corpo de uma mulher aparentando ter 20 anos de idade foi encontrado por populares com vários sinais de violência e marcas de tiros o cadáver foi deixado em um campo de futebol aos pês de uma mangueira que fica entre as ruas 13 e 15, moradores informaram que durante a noite passado não foram ouvidos tiros no local, o que leva a crer que a vitima foi assassinado em um outro local e seu corpo deixado la bairro planalto Itapery, as investigações ficara a cargo da DHPP.



MARANGUAPE.



Um outro fato lamentável  vem do bairro parque Iracema, município de Maranguape,  a vitima uma senhora de terceira  idade que teve a sua residência invadida por marginais que fizeram um verdadeiro terrorismo vários objetos foram levados pelos monstros, eles amaram a vitima e por acha pouco o que ela tinha eles esganaram a vitima ate ela morrer sem folego.
Uma investigação já foi iniciada a policia promete dar uma resposta a população de Maranguape.


CAUCAIA.



Um corpo do sexo feminino foi achado em uma cova rasa em mangue que fica na região do rio Ceará, ainda não muitas informações sobre este fato lamentável onde mais uma mulher foi assassinada de uma forma brutal.



JUAZEIRO DO NORTE



Vídeo da ocorrência de Juazeiro do Norte

Uma foi mulher assassinada a bala o fato aconteceu  na avenida padre Cícero,  no sinal da Singer, segundo informações 2 elementos numa moto efetuaram vários disparos nessa mulher que dirigia um Corolla preto aguardando mais informações.

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Mulher é chicoteada por ter só R$ 25 para entregar a assaltantes



Uma mulher foi roubada no sítio Maurícia, a 14 quilômetros de Cariús, cidade do interior do Ceará. O caso chamou atenção pela crueldade com o que fizeram com a vítima de 42 anos.
O crime aconteceu na última quinta-feira (23). Ela foi chicoteada diversas vezes por pelo menos dois homens, que não aceitaram a pouca quantia que ela tinha no momento do roubo, informou o blog de Elber Feitosa.
A vítima relatou aos policiais que os bandidos estavam encapuzados e chegaram na residência com um chicote. Eles anunciaram o roubo, exigindo dinheiro e já ameaçando de agressão física, caso ela não entregasse.
A mulher, porém, tinha apenas R$ 25 dentro de casa. Insatisfeitos, os assaltantes começaram a agredir a mulher diversas vezes com um chicote, deixando a mulher com várias lesões no corpo.

Acusada de matar filho envenenado será julgada hoje

O menino tinha apenas 9 anos de idade na época do crime



Cristiane Renata Coelho Severino acusada de matar o próprio filho, Lewdo Ricardo Coelho Severino, de apenas 9 anos e tentar assassinar o então marido, Francileudo Bezerra Severino, será julgada nesta terça-feira (28), às 9h na 3ª Vara do Júri, do Fórum Clóvis Beviláqua, em Fortaleza.
O julgamento será realizado três anos após o crime, ocorrido no dia 11 de novembro de 2014.
Cristiane foi denunciada por homicídios triplamente qualificados (um consumado e outro tentado). Em ambos os casos, as qualificadoras são, motivo fútil, emprego de meio cruel (veneno) e utilização de recurso que impossibilitou defesa da vítima.
Segundo a denúncia do Ministério Público do Ceará (MP/CE), Cristiane Renata teria envenenado o marido e o filho com chumbinho, após haver simulado agressão física que incriminasse o esposo. No entanto, Francileudo sobreviveu e negou a acusação da mulher.
Fonte. C News

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Corpos crivados de balas e algemados são encontrados no Ceará; imagens fortes


As suspeitas de que um grupo de extermínio esteja agindo na Região Metropolitana de Fortaleza foram reforçadas no fim de semana quando diversos causos de execuções sumárias foram registrados na RMF. Suspeitos de envolvimentos em delito como assaltos e assassinatos foram sequestrados de dentro de suas casas, colocados em portas-malas de veículos e, horas depois, os corpos encontrados.
Em, pelo menos, três casos, as características dos crimes foram idênticas, isto é, o “modus operandi” usado pelos assassinos foi o mesmo. Além disso, uma característica comum nos crimes foi a constatação de que as vítimas morreram algemadas.
O primeiro crime aconteceu ainda na madrugada de domingo (26), quando um grupo de homens armados e encapuzados invadiu uma residência no bairro Conjunto Metropolitano, em Caucaia, e dali seqüestrou um jovem identificado até o momento apenas por Ezequiel. Ele foi colocado num carro por vários homens que diziam ser da “Polícia”.
Quando o dia amanheceu, o corpo do rapaz foi encontrado ainda algemado e com vários tiros na cabeça, inclusive no rosto. O cadáver de Ezequiel foi propositadamente deixado no meio de uma estrada de terra na localidade conhecida como Alto do Garrote.
Mais dois
Também na madrugada de domingo, a mesma cena aconteceu em Maracanaú, onde dois homens foram sequestrados de dentro de suas casas, algemados, espancados e colocados no porta-malas de um carro por um grupo armado.
Horas depois, os dois homens foram encontrados mortos noutro ponto de Caucaia, dessa vez no Distrito de Capuã, na zona rural do Município. As vítimas foram executadas com tiros na cabeça e encontradas ainda algemas com as mãos para trás.
Os mortos não foram ainda identificados completamente e oficialmente. Sabe-se apenas que um deles era conhecido por Bruno. Sua identificação ocorreu através de postagem no WhatsApp.


Fonte: Fernando Ribeiro

MAIS UM FINAL DE SEMANA E MARCADO POR VARIAS MORTES NO ESTADO DO MEDO.




Mais uma vez a violência foi marcante neste final de semana que corresponde aos dias 24 ao dia 27, foram registrados pela policia 39 mortes violentas em todo estado .
A violência desenfreada esta a causando pânico e medo em diversas cidades do interior do estado, a falta de policiamento e da presença efetiva do governo tem sido o fator principal para toda essa onda de violência que tem gerado um verdadeiro mar de sangue, o contador da violência não para já foram contabilizados 4.625 mortes desde Janeiro ate agora 11 de novembro.

Neste final de semana o fato que mais chamou atenção veio da cidade de Caucaia-RMF, onde um duplo homicídio foi registrado pela policia militar na tarde deste domingo 26/11, por volata das 14Hrs30, segundo informações a policia foi acionada via 190 para localidade de lagoa dos porcos que possivelmente por lá teriam duas pessoas em óbito ao chegar no local a composição se deparou com dois corpos de homens crivados de bala as vitimas estava algemadas com as mãos para trás, caraquiteristica de uma execução.

Segundo informações ainda as vitimas teriam sido arrebatadas da cidade de Maracanaú, na ainda domingo e so foram encontradas já no meio da tarde a quilômetros de suas residências em um local que segundo informações de populares e bastante conhecido por usado para execuções e desovas.

ATE O PRESENTE MOMENTO AS VITIMAS NÃO FORAM ENDETIFICADAS.


Quarenta e nove pessoas morreram de forma violenta no fim de semana em todo o estado do Ceará. Os números ainda são parciais, mas revelam que no período entre a última sexta-feira (24) e o começo da madrugada de hoje (27), foram registrados 39 casos de homicídios e mais 10 óbitos decorrentes de acidentes de trânsito. Com isso, o homicidômetro (contador dos homicídios no estado em 2017) alcança o número 4.625.

Em Fortaleza, a Polícia fez o registro de, ao menos, 10 casos de assassinatos nos seguintes bairros: Barra do Ceará, Conjunto Palmeiras Bom Jardim, São Gerardo, Barroso, Conjunto esperança, Vila Manuel Sátiro (duplo homicídio por linchamento), Parreão e Colônia.

Na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) foram mais 10 casos de homicídios, nos seguintes Municípios: Caucaia (5 casos, entre eles, um duplo assassinato), Pacajus (2), Maracanaú, Itaitinga e Cascavel.

Sertão
No interior Sul, foram 13 homicídios no intervalo de pouco menos de 72 horas, nos seguintes Municípios: Quixeré (4 casos, incluindo um duplo assassinato), Crato (2), Potengi, Quixadá, Ibicuitinga, Morada Nova, Juazeiro do Norte, Jucás e Mauriti.



ANUNCIE SUA MARCA COM A GENTE POR UM PREÇO QUE CABE NO SEU BOLSO. ESTAMOS A DISPOSIÇÃO 24HRS NO WHATSSAP. 85-992060602 FALAR COM O CARACARÁ.



MPC cobra R$ 6 milhões por rompimento da adutora de Itapipoca na gestão de Cid Gomes

Parecer do MPC detectou erros anteriores e posteriores ao rompimento da adutora de Itapipoca que resultaram em prejuízo ao Poder Público



O rompimento da adutora de Itapipoca em 2013 pode custar R$ 6.384.143,98 aos responsáveis pela falha na obra, segundo parecer do Ministério Público de Contas (MPC). Além dos transtornos para a população local e do prejuízo financeiro, o rompimento foi marcado pelo mergulho do ex-governador Cid Gomes (PDT) em um tanque para consertar o problema.
Quatro anos após o episódio, o MPC divulgou parecer em que indica que a construtora PWE Engenharia Ltda e gestores, à época, da Secretaria de Recursos Hídricos(SRH) e da Superintendência de Obras Hidráulicas (Sohidra), infringiram uma série de processos antes e após o rompimento da adutora.

A avaliação do MPC detectou que o rompimento foi resultado da execução da obra em desconformidade com as especificações técnicas. Entre as falhas, faltou proteger os impactos da tubulação com colchão de areia, devido ao terreno rochoso; houve lacuna de tubulação e não foram realizados testes de pressão na tubulação.
ANUNCIE SUA MARCA COM A GENTE POR UM PREÇO QUE CABE NO SEU BOLSO. ESTAMOS A DISPOSIÇÃO 24HRS NO WHATSSAP. 85-992060602 FALAR COM O CARACARÁ.

GUARACIABA: MULHER É ENCONTRADA MORTA A FACADAS DENTRO DE CASA

Neste domingo (26), por volta das 21h00, os Policiais do Destacamento de Guaraciaba do Norte receberam uma denuncia anônima de que teria ocorrido um homicídio dentro de uma casa localizada na rua Adriano Melo, 171, esquina com rua Meton Silvano, no Bairro Belo Horizonte. 

Os PMs sob o Comando do 1º Sgt Azevedo, seguiram para o local e ao chegar no endereço mencionado, encontraram a casa fechada. Ao entrar pelos fundos se depararam com o corpo de uma mulher de aproximadamente 30 anos, caído na cozinha com duas perfurações a faca. 

Uma faca suja de sangue foi encontrada no quintal e o companheiro da vítima está foragido. 

Não há informações a respeito da identificação da mulher. 

A equipe da Perícia Forense esteve no local e verificou que haviam duas perfurações no corpo da vítima, sendo uma no pescoço, uma no meio dos seios e um corte no antebraço direito. Em seguida o corpo foi encaminhado ao IML de Sobral e até o momento está na situação de “indigente”.

Fonte. Ibiapaba 24hrs

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Policia apreende mais de 100 pés de maconha em Jijoca de Jericoacoara





Mais de 100 pés de maconha foram apreendidos pela Polícia Militar na última quarta-feira (22), na cidade de Jijoca de Jericoacoara, Litoral Norte do Estado. Um suspeito natural de Minas Gerais foi preso durante a ação, ocorrida na zona rural do município. Os materiais e o preso foram conduzidos para a Delegacia Regional de Itapipoca. 

Os ilícitos foram localizados em uma residência, em Sítio Tucun Linha, após denúncias anônimas informando sobre atividades suspeitas que ocorreriam no local. Diante do visível nervosismo do homem, identificado por Tuperci Dias Lobo Costa Rivelles, 23, os profissionais de segurança realizaram uma busca na propriedade e encontraram a plantação de maconha cultivados em garrafões de água adaptados como vasos.



Foram apreendidos, ainda, folhas secas também de maconha, sementes e outros materiais utilizados para a preparação dos entorpecentes. Tuperci foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e o inquérito foi transferido para a Delegacia Municipal de Jijoca de Jericoacoara, que dará continuidade aos trabalhos policiais.


Fonte. SSPDS


ANUNCIE SUA MARCA COM A GENTE POR UM PREÇO QUE CABE NO SEU BOLSO. ESTAMOS A DISPOSIÇÃO 24HRS NO WHATSSAP. 85-992060602 FALAR COM O CARACARÁ.

Mulher assaltada e estuprada em Fortaleza faz relato dramático nas redes sociais

O relato da vítima nas redes sociais logo foi acompanhado de dezenas de comentários dos seguidores, com mensagens de solidariedade à vítima e indignação com a violência em Fortaleza








A violência fez mais uma mulher vítima de abuso sexual em Fortaleza. O crime ocorreu na noite desta quinta-feira (23) no bairro Benfica. A mulher, de 35 anos, criou coragem, se livrou dos medos e relatou tudo o que lhe aconteceu em sua página no facebook. Ela conta como tudo aconteceu e revela sua indignação.

A postagem foi feita no final da manhã desta sexta-feira (24). A vítima conta que acabou sendo violentada nas proximidades de um colégio particular, no bairro Benfica, na zona Central da cidade. Atordoada um dia após o crime, ela ainda se recupera psicologicamente para procurar a Polícia e assim registrar um Boletim de Ocorrência.
A mulher  (cuja identidade será preservada, apesar de sua atitude em não esconder seu nome na postagem na rede social), diz que, após um dia em busca de emprego e exausta, foi rendida por um bandido, que, com uma arma de fogo, a arrastou para um beco próximo ao colégio, onde ocorreu o assalto e o estupro.
Leia o relato que a vítima fez no face:
Denúncia: Me perdoem o horário, nem tenho noção de tempo, afinal fui assaltada e levaram todos os meus sonhos, tempo e horário, mas não consegui dormir.

Ontem depois de um dia exaustivo à procura de emprego, fisioterapia, cansaço e decepções ao voltar para casa à noite a poucos metros do colégio Cristhus Benfica, fui abordada por um verme que colocou uma pistola na minha cabeça e anunciou um assalto, repassei meus pertences que sequer tinham algum valor, inclusive meu celular quebrado, ele insatisfeito, com a pistola na minha cabeça me empurrou para uma ruela escura e deserta e me ESTUPROU, SIM O INFELIZ ME ESTUPROU, ESTOU AQUI TODA QUEBRADA, MARCADA, MACHUCADA ATÉ A ALMA E
COM UM PROFUNDO ÓDIO DENTRO DE MIM JÁ TOMEI MAIS DE 6 BANHOS E AINDA SIM ME SINTO SUJA E INDIGNA.
ME PERDOEM O DESABAFO!!
OBRIGADA MACHISMO POR FAZER DE CONTA QUE TUDO ISSO NÃO EXISTE!!
OBRIGADA VIDA PELO MELHOR PRESENTE DE ANIVERSÁRIO QUE EU PODERIA GANHAR!!!!
assim que conseguir ficar de pé irei à DDM fazer um B.O e pedir um encaminhamento para o exame de corpo e delito.

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

SE NÃO BASTASSE OS DAQUI, CEARÁ ESTÁ SENDO INVADIDO POR BANDIDOS DE FORA



Além dos milhares de bandidos locais, o Ceará está também lotado de criminosos vindos de outros estados. Está e a conclusão da Polícia. São assaltantes de bancos e de carros-fortes, ladrões de cargas, golpistas, arrombadores de caixas eletrônicos e outros pilantras. Segundo dados da polícia, somente neste ano, 111 ladrões de bancos foram capturados no nosso estado. Neste grupo há muitos de outros estados, como São Paulo, Paraná, Pernambuco, Paraíba e até de Santa Catarina. E nesta época do ano, mais bandidos “de fora” aparecem por aqui para engrossa o exército da bandidagem.  Com as divisas do estado literalmente abertas, também aumenta o tráfico de drogas e de armas. As operações nas divisas ainda estão só no papel. O tão propalado Batalhão de Divisas ainda é capenga e está bem longe de impedir a entrada da bandidagem em nossas terras.  O efetivo é diminuto diante da vastidão de nossas “fronteiras”.

Fonte: Fernando Ribeiro

ROUBO A AGÊNCIA DOS CORREIOS EM ICÓ-CE


No dia 22/11/2017, por volta das 16h30min, o policiamento foi informado via 190 acerca de um roubo a Agência dos Correios em Icó/CE. Na ação havia três indivíduos, sendo que um destes ficou do lado de fora do estabelecimento no apoio dos comparsas que adentraram o local e efetuaram o roubo. Segundo uma testemunha, os indivíduos levaram uma quantia em dinheiro da Agência, além de roubar vários pertences e dinheiro dos funcionários e cidadãos que estavam no local. Ressalto que na ação os infratores subtraíram a arma utilizada pelo vigilante da agência, um revólver Taurus Cal. 38Mm, capacidade de 06 tiros, oxidado e 12 munições. Diante das informações, as composições de serviço iniciaram diligências pelas imediações com o objetivo de localizar e prender os infratores.

Professor é preso após tentar matar a esposa

Um professor da rede municipal de ensino foi preso, na última terça-feira (21), após tentar matar a esposa, no bairro Vila Peri, em Fortaleza.
A prisão, realizada pela Polícia Militar, ocorreu após vizinhos da vítima acionarem a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), informando sobre uma mulher, que havia sido lesionada a faca pelo companheiro, que logo em seguida, tentou cometer suicídio. Um inquérito policial por tentativa de feminicídio e violência doméstica foi realizado na Delegacia de Defesa da Mulher de Fortaleza (DDM-For).
O suspeito de 50 anos, foi capturado após atingir a mulher com golpes de faca, no interior de sua residência. Durante o ocorrido, a mulher conseguiu correr, chegando a desmaiar ainda nas proximidades da casa. Já o homem tentou cometer suicídio, mas ambos foram socorridos para o hospital Frotinha da Parangaba. O filho do casal, uma criança de oito anos, presenciou o fato.
De acordo com a delegada Érika Moura, titular da DDM-For, a mulher alegou que vinha sofrendo ameaças do companheiro, pois este não aceitava o término do relacionamento. A mulher informou que, após deixar os filhos do casal na escola, o suspeito teria tentado matá-la.
Ambos foram transferidos para o Instituto Dr. José Frota (IJF), no Centro, onde foram submetidos aos atendimentos médicos necessários e receberam alta hospitalar. O homem foi conduzido para a sede da DDM-For, onde foi ouvido e autuado em flagrante. Em seguida, ele foi transferido para o 1° Distrito Policial, no bairro Ellery, em razão de possuir ensino superior completo. Já a mulher solicitou uma medida protetiva, que teve seu pedido encaminhado ao Poder Judiciário.

Mãe e namorado são presos por estuprar filho de 15 anos em Fortaleza



Mãe e namorado foram presos em flagrante por estuprar o filho dela, um adolescente de 15 anos. De acordo com a polícia, o caso ocorreu no Bairro Cambeba, em Fortaleza, no sábado (18). O adolescente contou à polícia ter sido induzido a ter relações sexuais com a própria mãe o namorado dela, após ingerir bebida alcoólica dada pelos dois.

O crime foi registrado na Delegacia de Defesa da Mulher, e o casal foi preso e autuado por crime sexual e por oferecer bebida alcoólica a menor de 18 anos.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, após o crime, o menino recebeu o primeiro auxílio de uma motorista de transporte particular, que ele solicitou por meio de um aplicativo. A motorista levou o adolescente à casa de parentes, onde ele acionou a polícia.

Os policiais levaram a vítima até à Delegacia de Defesa da Mulher, onde ele prestou depoimento. De lá, o menino foi encaminhado à Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) para fazer exames de embriaguez, crime sexual e toxicológico.

O garoto está sob os cuidados do avô paterno. O caso foi transferido para a Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dceca).

Fonte. G1 Ce

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Assassino da menina Rakelly vai a julgamento hoje. Caso prova a importância da Polícia Judiciária


       Itaitinga 1       Itaitinga 3
A pequena Rakelly foi morta brutalmente             Leonardo confessou o crime na DHPP


Está marcado para amanhã (23) o julgamento do caseiro José Leonardo Vasconcelos, o “Zé”,  réu confesso de um crime brutal ocorrido no ano passado na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Ele confessou à Polícia ter assassinado a menina Rakelly Matias Alves, 7 anos. O crime ocorreu no dia 21 de setembro do ano passado, no Município de Itaitinga. Passados um ano e dois meses do fato, a Justiça deve impor a sentença contra o réu.
As investigações sobre o crime mostraram a importância de uma boa Polícia Judiciária. Policiais preparados, dedicados e com as condições de trabalho necessárias para a execução da tarefa. No caso específico da investigação que resultou no total esclarecimento da morte de Rakelly é de se ressaltar o empenho e o profissionalismo da equipe da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), à época dirigida pela delegada Socorro Portela. A equipe trabalhou com afinco durante vários dias até, finalmente, elucidar o mistério e prender o assassino.
POLÍCIA SUCATEADA
Assim como no “Caso Rakelly”, todos os outros milhares (milhares mesmo) crimes de morte que ocorrerem no Ceará deveriam ser rapidamente esclarecidos e seus autores presos para poder ajustar as contas com a Justiça. No entanto, não é isso que acontece.  Sucateada, desprestigiada e esvaziada, a Polícia Civil cearense vai, aos poucos, perdendo a capacidade de esclarecer tantos crimes que acontecem todos os dias e todas as horas. O Ceará hoje registra uma média de 15 homicídios a cada 24 horas, numa velocidade e quantidade nunca vistas antes. E sem uma Polícia Judiciária à altura para cobrir a demanda de investigações, a tendência é os assassinos se saírem bem, diante da impunidade.
Na semana passada, o governo do estado anunciou a contratação de novos policiais civis, mas falhou quando decidiu nomear tão somente 53 delegados, os aprovados no concurso realizando ainda em 2014. Esse número é extraordinariamente insuficiente para suprir as necessidades de abertura de inquéritos. O Ceará deve fechar o ano de 2017 com cerca de cinco mil assassinatos e boa parte vai ficar sem solução para sempre. Quem agradece são os assassinos.
O PERFIL DOS MORTOS
Ainda sobre o “Caso Rakelly”, hoje, a delegada Socorro Portela está destacada em outra missão na Segurança Pública. Comanda uma equipe formada dentro da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) que está avaliando o perfil criminológico das vítimas dos assassinatos. Esse “retrato” da vítima ou dos seus antecedestes criminais tem sido revelador. Mostra que a maioria esmagadora dos assassinados tinha algum tipo de ligação com o crime. Muitos eram egressos do Sistema Penitenciário, ou foragido dele. O envolvimento com o tráfico de drogas, com quadrilhas ou facções criminosas também ficou patente. Ainda assim, isso não tira do Estado a responsabilidade de investigar a morte, comprovar a autoria e indiciar os responsáveis. Esta é a atribuição funcional e constitucional da Polícia Judiciária brasileira.
ROTINA DE FUGAS
Com um enorme excedente prisional, o Sistema Penitenciário do Ceará vai de mal a pior no interior, principalmente, onde as ocorrências de fugas e rebeliões nas cadeias públicas e presídios se tornaram corriqueiras. Nesta semana, pelo menos duas fugas aconteceram. A primeira, na cidade de Sobral, onde nove detentos escaparam no fim de semana. A segunda, na noite da última segunda-feira (20), na Cadeia Pública de Cascavel. Na CPPL 2, em Itaitinga, um preso foi assassinado e uma tentativa de fuga foi frustrada após a descoberta de  mais um túnel. Ao mesmo tempo em que o Sistema apresenta falhas gritantes, ele vai se ampliando. Na semana passada, a Secretaria da Justiça e da Cidadania (Sejus) inaugurou mais uma unidade prisional no Complexo de Itaitinga, nas margens da BR-116. Contudo, a tendência é que, em questão de meses, o presídio esteja também superlotado como os demais. E a Sejus já anuncia que deverá ser implantada uma penitenciária de segurança máxima na RMF.  São novas vagas que se abrem em um sistema estrangulado.
CANGAÇO EM SABOEIRO
O clima na cidade de Saboeiro (a 456Km de Fortaleza) e de verdadeiro “cangaço”. As disputas políticas estão gerando uma situação quase que insustentável no campo da Segurança Pública. São atentados, ameaças e tiroteios. Tudo isso gerado após a descoberta pelo Ministério Público Estadual (MPE) de uma falcatrua nos cofres públicos. Uma verdadeira quadrilha se organizou dentro da Prefeitura local, com o desvio de dinheiro público. O prefeito foi afastado do cargo. A vice-prefeita assumiu, mas faz cinco meses que não libera o pagamento dos salários dos servidores. O fim de semana registrou atentados ao presidente da Câmara Municipal e às sedes da Câmara de Vereadores e da Prefeitura. Se a Justiça e o Estado não tomarem providências urgentes, a querela política pode terminar trágica, com mortes no Município. A pergunta é: vão deixar acontecer???
BANDIDOS “DE FORA”
Além dos milhares de bandidos locais, o Ceará está também lotado de criminosos vindos de outros estados. Está e a conclusão da Polícia. São assaltantes de bancos e de carros-fortes, ladrões de cargas, golpistas, arrombadores de caixas eletrônicos e outros pilantras. Segundo dados da Polícia Civil, através da sua Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), somente neste ano, 111 ladrões de bancos foram capturados no nosso estado. Neste grupo há muitos de outros estados, como São Paulo, Paraná, Pernambuco, Paraíba e até de Santa Catarina. E nesta época do ano, mais delinqüentes “de fora” aparecem por aqui para engrossa o exército da bandidagem.  Com as divisas do estado literalmente abertas, também aumenta o tráfico de drogas e de armas. As operações nas divisas ainda estão só no papel. O tão propalado Batalhão de Divisas ainda é capenga e está bem longe de impedir a entrada da bandidagem em nossas terras.  O efetivo é diminuto diante da vastidão de nossas “fronteiras”.
 E TEM MAIS!!!
* Três policiais militares do Ceará deverão ser homenageados pela Câmara Municipal de Juazeiro do Norte. São o cabo PM Lima, e os soldados P. Sérgio e Fábio. Os três praticaram um ato heróico ao salvar ávida da menina Louise, de apenas 7 dias de vida. Ela se engasgou com o leite materno. O pai saiu correndo na rua com a criança nos braços em busca de socorro. Os PMs salvaram Louise.
* Polícia Federal está utilizando um novo cão de faro para as operações de rotina no Aeroporto Internacional Pinto Martins. O resultado tem sido positivo. No fim de semana passado, o animal, batizado de “Colt”, localizou entre centenas de bagagens, uma mala contendo cerca de 2,8 quilos de cocaína  de um colombiano que tentava seguir para a Espanha. “Colt” é da raça pastor belga malinois.
* Um policial militar cearense ganhou destaque nacional. O 2º sargento José Alex Sampaio Mendes (sargento Mendes), do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), ficou em 1º lugar no Curso de Atirador Policial  de Precisão” (sniper).  O evento ocorreu no estado do Mato Grosso. Ele competiu com PMs de todo o país.
* O médico psiquiatra, psicoterapeuta e escritor Augusto Cury ministrou para os servidores da Polícia Federal no Ceará e seus familiares, na última sexta-feira (17), uma palestra motivacional com o tema “gestão de emoção para a formação de mentes brilhantes numa sociedade altamente estressante”. Ganhou homenagem no seu embarque para São Paulo, no dia 19.
* A Polícia desmontou na cidade de São Benedito, na Região da Ibiapaba, uma quadrilha que estava espalhando o terror na população e ameaçando até os agentes do programa Pró-Cidadania. O pessoal do Cotar (Comando Tático Rural) foi lá e prendeu quatro pessoas. O grupo tentava implantar uma célula de uma das facções criminosas que atuam no estado, o PCC.
E A PERGUNTA DO DIA: Até quando traficantes e bandidos de facções vão continuar invadido os conjuntos habitacionais do “Minha Casa, Minha Vida”, em Fortaleza, e expulsando os moradores?  
 Fonte. Fernando Ribeiro

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Mulher é carbonizada, decapitada e tem corpo abandonado em avenida de Fortaleza

Horas antes, ela estaria junto com outras três mulheres sequestradas, mantidas em um cativeiro na comunidade Oitão Preto



O corpo de uma mulher foi carbonizado, decapitado e abandonado às margens da Avenida Presidente Castelo Branco, conhecida popularmente como Leste-Oeste, em Fortaleza. Segundo a Polícia Militar, a vítima era uma mulher que estava marcada para morrer.
Horas antes, ela estaria junto com outras três mulheres sequestradas, mantidas em um cativeiro, na comunidade Oitão Preto, mas que conseguiram ser salvas pela polícia.

A motivação para o cárcere e assassinato de uma das mulheres ainda é desconhecida, da mesma forma como os responsáveis pelos crimes.
O fato aconteceu ao lado da conhecida Cracolândia, que fica localizada atrás da Estação Ferroviária João Felipe e da Santa Casa de Misericórdia.

2017 já é o ano com o recorde de assassinatos em toda a história do Ceará

Com 4.492 homicídios já registrados até o dia 19/11, 2017 superou 2014, quando ocorreram 4.439 crimes do tipo



O mês de dezembro ainda nem começou, mas 2017 já é o ano com o maior número de assassinatos registrados na história do Estado. Até 19 de novembro, 4.492 pessoas foram mortas no Ceará, 53 a mais do que o ano mais violento até então — 2014, que registrou 4.439 crimes do tipo.
Os dados são baseados nas estatísticas preliminares disponibilizadas pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) em seu site. Mantida a média de quase 14 mortes por dia, o Ceará deve superar a marca de 5.000 homicídios neste ano.
A partir de 2013, a SSPDS adotou uma nova metodologia na contagem dos assassinatos, o que impede comparações mais precisas. Mas outros indicadores mostram que o Ceará está diante de uma situação sem precedentes.
É o caso, por exemplo, do Mapa da Violência, um estudo feito desde 1998, capitaneado pelo sociólogo Julio Jacobo Waiselfisz. No primeiro ano analisado, 1996, o estudo mostrava que 1.356 pessoas haviam sido mortas no Estado, conforme os dados obtidos com a Base de Dados Nacional do Sistema de Informações de Mortalidade (SIM) do Datasus, do Ministério da Saúde.
Era apenas o segundo ano em que o Ceará superava a marca de 1000 homicídios. De 1995 em diante, o Estado só  registraria menos que 1.000 homicídios anuais em 1998.
Por um lado, de 1980 a 2010, a população cearense cresceu 62%, saindo de 5.288.253 para 8.452.381, conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Por outro, no mesmo período, os homicídios cresceram mais de 400%, saindo de 509 para 2692, conforme o Mapa da Violência. A evolução também se mostra evidente em análise comparativa, como faz Waiselfsz no Mapa da Violência 2016.
“Estados relativamente tranquilos no ano 2000 ingressam numa forte voragem de violência, como o Ceará, que de uma taxa de HAF [homicidio por arma de fogo] de 9,4 29 por 100 mil, em 2000, passa para 42,9, em 2014 (de 19º para 2º lugar)”.
Para o historiador Airton de Farias, autor de História do Ceará, o período atual não é o único marcado pela violência no Estado, mas ele assume uma nova configuração. “Se for parar para ver, o Ceará é um estado sempre pautado pela violência. Não é de hoje só que é violento. Sempre houve no Ceará uma exaltação às armas, à morte”, ele diz, citando como exemplo a repressão à Confederação do Equador, que, associada à seca, dizimou um terço da população cearense, segundo alguns autores.
Airton ressalta os diversos aspectos necessários para explicar o fenômeno da violência — da crise social às mudança das políticas de segurança, que foram da polícia comunitária do Ronda do Quarteirão ao foco na repressão do Batalhão de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio).
Porém, ele cita a “explosão” desse índices a partir da difusão das drogas ocorrida a partir das décadas de 1980 e 1990. Em agosto de 1986, a Polícia Federal anunciava a maior apreensão de cocaína da história do Ceará: 650 gramas, apreendidos com mineiros.

Até então, a droga do Ceará era a maconha, lembra Airton de Farias. É aí que entra em cena a cocaína e seu correlato mais destrutivo, o crack. Atualmente, estão inscritos, ele cita, em um novo fenômeno: as facções criminosas. Consigo, a demarcação territorial do crime.
Um novo inimigo
Em meados do fim de 2015, as facções passam a pautar o noticiário policial, principalmente, as provenientes do Sudeste. Até então, estavam restritas a ações pontuais, como o Furto ao Banco Central, em 2005, protagonizado por membros do Primeiro Comando da Capital (PCC). Uma das lideranças do PCC, Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola, é acusado de dois assaltos milionários no Estado, ocorridos em 1999 e 2000, contra duas empresas de seguranças.
Mas, agora, as facções aportavam de vez no Estado, com passeatas, foguetórios e, ainda, pacificações. Coincidência — como afirmava o governo, que sequer reconhecia a existência desses grupos em terras alencarinas — ou não, os números de homicídios caíram — ainda que estivessem longe dos números de décadas passadas. Dos 4019 assassinatos de 2015, o Estado passou, em 2016, para 3407. Em Fortaleza, as reduções foram ainda mais sentidas.
A nova configuração foi atestada, por exemplo, pelos pesquisadores do Comitê Cearense pela Prevenção de Homicídios na Adolescência, no relatório Cada Vida Importa, em entrevistas com moradores de regiões marcadas pela violência.
Além de menos mortes, os acordos entre as facções criminosas teriam acabado com alguns conflitos de longa data entre territórios, permitindo que os moradores passassem a transitar livremente pelas comunidades. ‘Disseram que não matariam mais ninguém, mas antes era uma mortandade muito grande aqui no bairro. Pra ter noção, quem mora desse lado da avenida não podia andar do outro lado. Agora, estão deixando’, afirma a mãe de um adolescente [assassinado]”.
Mas a paz não durou muito tempo. Ainda em 2016, PCC e Comando Vermelho (CV) romperam uma aliança histórica — o PCC chegava a citar o CV como exemplo em seu primeiro estatuto, datado de meados de 1993. Como em um efeito dominó, a declaração de guerra provocou uma escalada da violência, primeiros nos presídios — como na chacina que deixou 56 integrantes do PCC mortos em um presídio de Manaus (AM), em janeiro de 2017 —, depois nas ruas.
No plano local, o CV, assim como sua aliada Família do Norte (FDN) — responsável pelo massacre em Manaus —, ainda contraiu rivalidade com a maior facção local, a Guardiões do Estado (GDE), que surgiu, tudo indica, em 1º de janeiro de 2016. O conflito entre essas duas frentes estaria por trás de chacinas como a ocorridas em junho em Horizonte e em Aquiraz. Dessa vez, o Governo do Estado reconheceu a existência das facções. Passou, inclusive, a creditar a elas o aumento do indicadores de violência.
Tribuna do Ceará solicitou à SSPDS entrevista sobre o tema com o secretário André Costa. Por meio de assessoria, a pasta, no entanto, afirmou que tanto André Costa, quanto o governador Camilo Santana (PT) se debruçaram sobre o assunto na terça-feira (13). Naquela ocasião, ambos apresentavam os índices de criminalidade do mês de outubro, em entrevista coletiva.
“Não recebemos um centavo da União. Cem por cento dos investimentos em segurança públicas foram feitos pelo Estado”. (Camilo Santana, governador do Estado)
Ambos destacaram a situação “atípica” pela qual o País passa com o confronto entre facções. Camilo disse ser impossível resolver o problema sem a existência de um plano nacional de enfrentamento à criminalidade. É a União, argumentou, que tem competência para fiscalizar as fronteiras e combater o tráfico interestadual de drogas e armas.
“Não recebemos um centavo da União. Cem por cento dos investimentos em segurança públicas foram feitos pelo Estado”, criticou. Além disso, é preciso, segundo ele, repensar a legislação sobre o tema.
“Nunca se prendeu tanto no Ceará. Tivemos um aumento de 20% de presos no Estado, quase 30% a mais com relação ao número de apreensão de armas e um aumento de quase 200% quando falamos de entorpecentes. Ano passado quatro toneladas e nós já vamos com sete toneladas em 2017. A Polícia está agindo, trabalhando, nunca se fez tanto investimento em pessoal, equipamento, armas e inteligência, e temos ferramentas a serem implementadas ainda”, afirmou Camilo.
Já André Costa, ressaltou o envolvimento das vítimas de homicídio no Estado com o crime. Estudos da SSPDS mostram que 61% dos mortos entre janeiro e julho deste ano em Fortaleza tinham antecedentes criminais. Do 52% dos homicídios com causa determinada pela Polícia, 28% tinha relação com facções. E 81% tinha envolvimento com drogas, seja consumo ou tráfico.
+ Especial: Violências Invisíveis: Direitos básicos faltam onde a criminalidade é iminente
Citando como exemplo o assassinato de quatro internos do Centro Mártir Francisca, na segunda (13), o secretário disse que muito desses homicídios ocorrem unicamente pela identificação com facções inimigas. “Aqueles jovens não tinham feito nada para aquelas outras pessoas”, disse. “É um desafio que nunca foi enfrentado aqui no Estado nem na região Nordeste. Nunca se viu esse grau de perversidade“.
André Costa, no entanto, vê também no trabalho da Polícia um motivo para a acentuação dos homicídios. Como áreas antes reduto da criminalidade são ocupadas pelas forças policiais, esses bandidos migram para outras localidades. Estas já contando com criminosos, força-se um confronto entre as partes, gerando os homicídios, argumenta André Costa.
Só tráfico de drogas?
Para o sociólogo César Barreira, é preciso desmitificar a noção de que o aumento nas estatísticas de homicídios está unicamente ligado ao tráfico de drogas. “A resolução de conflitos na base da violência também é um elemento que pode explicar esse aumento. As facções são muito recentes”, diz o pesquisador do Laboratório de Estudos da Violência (LEV) da Universidade Federal do Ceará (UFC).
Para o pesquisador, faltam políticas efetivas de combate aos homicídios, assim como para os jovens, um dos principais afetados nessa epidemia. “O jovem comete delitos, mas ele é muito mais vítima que infrator. Nesse sentido, ele precisa muito de mais proteção que de punição. Com políticas sociais, como escolas em tempos integrais e áreas de lazer, é isso que os afastam da violência”.
Saiba mais
Em 2013, a SSPDS passou a reunir, nos chamados Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), episódios como lesões corporais seguidas de morte e latrocínios, além dos homicídios. As estatísticas passaram a ser alimentadas a partir das ocorrências registradas pelo Comando de Policiamento do Interior (CPI) e da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops). Em 2012, sem lesões corporais seguidas de morte e latrocínios, a SSPDS havia registrado 3.565 homicídios.
←  Anterior Proxima → Página inicial