quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Assassino da menina Rakelly vai a julgamento hoje. Caso prova a importância da Polícia Judiciária


       Itaitinga 1       Itaitinga 3
A pequena Rakelly foi morta brutalmente             Leonardo confessou o crime na DHPP


Está marcado para amanhã (23) o julgamento do caseiro José Leonardo Vasconcelos, o “Zé”,  réu confesso de um crime brutal ocorrido no ano passado na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Ele confessou à Polícia ter assassinado a menina Rakelly Matias Alves, 7 anos. O crime ocorreu no dia 21 de setembro do ano passado, no Município de Itaitinga. Passados um ano e dois meses do fato, a Justiça deve impor a sentença contra o réu.
As investigações sobre o crime mostraram a importância de uma boa Polícia Judiciária. Policiais preparados, dedicados e com as condições de trabalho necessárias para a execução da tarefa. No caso específico da investigação que resultou no total esclarecimento da morte de Rakelly é de se ressaltar o empenho e o profissionalismo da equipe da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), à época dirigida pela delegada Socorro Portela. A equipe trabalhou com afinco durante vários dias até, finalmente, elucidar o mistério e prender o assassino.
POLÍCIA SUCATEADA
Assim como no “Caso Rakelly”, todos os outros milhares (milhares mesmo) crimes de morte que ocorrerem no Ceará deveriam ser rapidamente esclarecidos e seus autores presos para poder ajustar as contas com a Justiça. No entanto, não é isso que acontece.  Sucateada, desprestigiada e esvaziada, a Polícia Civil cearense vai, aos poucos, perdendo a capacidade de esclarecer tantos crimes que acontecem todos os dias e todas as horas. O Ceará hoje registra uma média de 15 homicídios a cada 24 horas, numa velocidade e quantidade nunca vistas antes. E sem uma Polícia Judiciária à altura para cobrir a demanda de investigações, a tendência é os assassinos se saírem bem, diante da impunidade.
Na semana passada, o governo do estado anunciou a contratação de novos policiais civis, mas falhou quando decidiu nomear tão somente 53 delegados, os aprovados no concurso realizando ainda em 2014. Esse número é extraordinariamente insuficiente para suprir as necessidades de abertura de inquéritos. O Ceará deve fechar o ano de 2017 com cerca de cinco mil assassinatos e boa parte vai ficar sem solução para sempre. Quem agradece são os assassinos.
O PERFIL DOS MORTOS
Ainda sobre o “Caso Rakelly”, hoje, a delegada Socorro Portela está destacada em outra missão na Segurança Pública. Comanda uma equipe formada dentro da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) que está avaliando o perfil criminológico das vítimas dos assassinatos. Esse “retrato” da vítima ou dos seus antecedestes criminais tem sido revelador. Mostra que a maioria esmagadora dos assassinados tinha algum tipo de ligação com o crime. Muitos eram egressos do Sistema Penitenciário, ou foragido dele. O envolvimento com o tráfico de drogas, com quadrilhas ou facções criminosas também ficou patente. Ainda assim, isso não tira do Estado a responsabilidade de investigar a morte, comprovar a autoria e indiciar os responsáveis. Esta é a atribuição funcional e constitucional da Polícia Judiciária brasileira.
ROTINA DE FUGAS
Com um enorme excedente prisional, o Sistema Penitenciário do Ceará vai de mal a pior no interior, principalmente, onde as ocorrências de fugas e rebeliões nas cadeias públicas e presídios se tornaram corriqueiras. Nesta semana, pelo menos duas fugas aconteceram. A primeira, na cidade de Sobral, onde nove detentos escaparam no fim de semana. A segunda, na noite da última segunda-feira (20), na Cadeia Pública de Cascavel. Na CPPL 2, em Itaitinga, um preso foi assassinado e uma tentativa de fuga foi frustrada após a descoberta de  mais um túnel. Ao mesmo tempo em que o Sistema apresenta falhas gritantes, ele vai se ampliando. Na semana passada, a Secretaria da Justiça e da Cidadania (Sejus) inaugurou mais uma unidade prisional no Complexo de Itaitinga, nas margens da BR-116. Contudo, a tendência é que, em questão de meses, o presídio esteja também superlotado como os demais. E a Sejus já anuncia que deverá ser implantada uma penitenciária de segurança máxima na RMF.  São novas vagas que se abrem em um sistema estrangulado.
CANGAÇO EM SABOEIRO
O clima na cidade de Saboeiro (a 456Km de Fortaleza) e de verdadeiro “cangaço”. As disputas políticas estão gerando uma situação quase que insustentável no campo da Segurança Pública. São atentados, ameaças e tiroteios. Tudo isso gerado após a descoberta pelo Ministério Público Estadual (MPE) de uma falcatrua nos cofres públicos. Uma verdadeira quadrilha se organizou dentro da Prefeitura local, com o desvio de dinheiro público. O prefeito foi afastado do cargo. A vice-prefeita assumiu, mas faz cinco meses que não libera o pagamento dos salários dos servidores. O fim de semana registrou atentados ao presidente da Câmara Municipal e às sedes da Câmara de Vereadores e da Prefeitura. Se a Justiça e o Estado não tomarem providências urgentes, a querela política pode terminar trágica, com mortes no Município. A pergunta é: vão deixar acontecer???
BANDIDOS “DE FORA”
Além dos milhares de bandidos locais, o Ceará está também lotado de criminosos vindos de outros estados. Está e a conclusão da Polícia. São assaltantes de bancos e de carros-fortes, ladrões de cargas, golpistas, arrombadores de caixas eletrônicos e outros pilantras. Segundo dados da Polícia Civil, através da sua Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), somente neste ano, 111 ladrões de bancos foram capturados no nosso estado. Neste grupo há muitos de outros estados, como São Paulo, Paraná, Pernambuco, Paraíba e até de Santa Catarina. E nesta época do ano, mais delinqüentes “de fora” aparecem por aqui para engrossa o exército da bandidagem.  Com as divisas do estado literalmente abertas, também aumenta o tráfico de drogas e de armas. As operações nas divisas ainda estão só no papel. O tão propalado Batalhão de Divisas ainda é capenga e está bem longe de impedir a entrada da bandidagem em nossas terras.  O efetivo é diminuto diante da vastidão de nossas “fronteiras”.
 E TEM MAIS!!!
* Três policiais militares do Ceará deverão ser homenageados pela Câmara Municipal de Juazeiro do Norte. São o cabo PM Lima, e os soldados P. Sérgio e Fábio. Os três praticaram um ato heróico ao salvar ávida da menina Louise, de apenas 7 dias de vida. Ela se engasgou com o leite materno. O pai saiu correndo na rua com a criança nos braços em busca de socorro. Os PMs salvaram Louise.
* Polícia Federal está utilizando um novo cão de faro para as operações de rotina no Aeroporto Internacional Pinto Martins. O resultado tem sido positivo. No fim de semana passado, o animal, batizado de “Colt”, localizou entre centenas de bagagens, uma mala contendo cerca de 2,8 quilos de cocaína  de um colombiano que tentava seguir para a Espanha. “Colt” é da raça pastor belga malinois.
* Um policial militar cearense ganhou destaque nacional. O 2º sargento José Alex Sampaio Mendes (sargento Mendes), do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), ficou em 1º lugar no Curso de Atirador Policial  de Precisão” (sniper).  O evento ocorreu no estado do Mato Grosso. Ele competiu com PMs de todo o país.
* O médico psiquiatra, psicoterapeuta e escritor Augusto Cury ministrou para os servidores da Polícia Federal no Ceará e seus familiares, na última sexta-feira (17), uma palestra motivacional com o tema “gestão de emoção para a formação de mentes brilhantes numa sociedade altamente estressante”. Ganhou homenagem no seu embarque para São Paulo, no dia 19.
* A Polícia desmontou na cidade de São Benedito, na Região da Ibiapaba, uma quadrilha que estava espalhando o terror na população e ameaçando até os agentes do programa Pró-Cidadania. O pessoal do Cotar (Comando Tático Rural) foi lá e prendeu quatro pessoas. O grupo tentava implantar uma célula de uma das facções criminosas que atuam no estado, o PCC.
E A PERGUNTA DO DIA: Até quando traficantes e bandidos de facções vão continuar invadido os conjuntos habitacionais do “Minha Casa, Minha Vida”, em Fortaleza, e expulsando os moradores?  
 Fonte. Fernando Ribeiro

←  Anterior Proxima → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário