segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

NO CEARÁ PACIFICO; MAIS UM FINAL DE SEMANA E MARCADO POR ASSASSINATOS E MORTES VIOLENTAS.

O plantão policial deste final de semana, que correspondem as 18hr00 da sexta feira dia 8/12,  e as 6hr00 da segunda feira 11/12, registrou vários homicídios em diversas partes do estado e também na capital Cearense, no Ceará pacifico o crime não para não descansa.


Dois corpos foram encontrados ardendo em chamas na noite de sexta-feira (8) na periferia de Fortaleza. As cenas de uma barbárie foram registradas no bairro Ancuri, na zona sul da cidade, crime teriam sido provocadas por mais um capítulo da guerra declarada entre as facções criminosas Comando Vermelho (CV) e Guardiões do Estado (GDE). Horas antes, a Polícia queimou uma bandeira da GDE que havia sido fincada no alto de uma caixa d’água de uma creche pública no bairro Conjunto Palmeiras II, no Grande Jangurussu.
Por volta das 22 horas, a Polícia Militar foi acionada através da (Ciops), para atender à ocorrência no bairro Ancuri. Depois do registro de tiros disparados em via publica, bandidos teriam ateado fogo nos corpos de dois homens que haviam sido baleados durante o confronto entre as facções.
Quando a primeira patrulha da PM chegou ao local, logo verificou a veracidade da denúncia. Os corpos ainda estavam em chamas no meio da rua. Rapidamente, os policiais trataram de apagar as chamas, mas dois homens já estavam mortos. Equipes da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) e da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), foram acionadas para o local.

Temendo represálias dos criminosos, os moradores do bairro fecharam as portas de suas casas e não saíram às ruas. Os tiroteios e mortes naquela comunidade têm se intensificado nos últimos meses.
PACAJUS

Já no sábado dia 09/12 por volta das 10hr30 da manhã uma fuga em massa foi registrada na cadeia publica de Pacajus, Cerca  de 12 presos conseguiram escapar facilmente da Cadeia Eles se aproveitaram da falha no sistema de segurança e das estruturas do prédio. O momento em que vários detentos pulam o muro da cadeia foi registrado em fotografias tiradas por moradores e comerciantes de estabelecidos próximos daquela unidade do Sistema Penitenciário cearense
As fugas na Cadeia Pública de Pacajus são recorrentes. Praticamente todas as semanas, detentos conseguem escapar do prédio. No mês passado foram várias fugas e a Secretaria da Justiça e da Cidadania (Sejus) providenciou a transferência dos mais perigosos para as Casas de Privação Provisória da Liberdade (CPPLs).
O número exato de presos que escaparam não foi ainda divulgado. A Polícia Militarfaz buscas em toda a região na tentativa de recapturar os foragidos. Entre eles, estão assaltantes, homicidas e traficantes de drogas.

QUIXADÁ


Mais um m crime com características de pistolagem foi registrado na cidade de Quixadá, na região  Sertão Central do Ceará (a 154Km de Fortaleza). Um pequeno comerciante foi assassinado, a tiros, na porta do seu estabelecimento comercial no começo da manhã deste sábado (9). Era por volta de 6 horas quando pistoleiros em uma motocicleta executaram sumariamente o comerciante conhecido por José Maria, na porta de estabelecimento, um depósito de material de construção, localizado no bairro Alto do São Francisco.  Nada foi roubado da vítima, o que, a princípio, afasta das investigações policiais a hipótese de um caso de latrocínio (roubo seguido de morte).
Segundo o relato de testemunhas, José Maria chegava ao seu local de trabalho quando, de repente, surgiram dois homens em uma motocicleta. O garupeiro sacou uma arma e disparou o primeiro tiro na cabeça do comerciante, que caiu já praticamente morto. Em seguida, foram ouvidos mais estampidos. A dupla fugiu rapidamente.
ATE AGORA NIGUEM FOI PRESO...
Vaqueiro morto EM IBICUITIGA
Em Ibicuitinga, Município também do Sertão Central do Ceará (a 190Km de Fortaleza), um assassinato foi registrado na manhã de hoje. Um vaqueiro da Fazenda Lagoa dos Porcos foi crivado de balas no começo da manhã. O crime é misterioso.
Em Fortaleza, foi registrado um caso de homicídio na manhã deste sábado no bairro Conjunto Palmeiras. Um jovem – ainda não identificado – acabou baleado e morto na Rua Catolé. Equipes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) estiveram no local fazendo as primeiras investigações.



←  Anterior Proxima → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário