segunda-feira, 26 de março de 2018

Você pode gastar 4 vezes menos energia com a troca de lâmpadas; Confira dicas As lâmpadas de LED são mais caras, mas têm vida útil maior que as fluorescentes


Liga/Desliga. É rotina de quem busca economizar energia estar sempre atento ao clique do interruptor. Quem quer reduzir a conta sabe que é preciso desligar as luzes dos cômodos, reduzir uso de ar condicionados, ventiladores e chuveiros elétricos. Mas você sabe, por exemplo, que tipo de lâmpada pode usar para reduzir a conta no fim do mês? Confira matéria da Tribuna Band News.
Tem gente que prefere as lâmpadas incandescentes. Afinal, são mais baratas e iluminam bem. Mas Jefferson Santana não pensa assim. Ele acha que as lâmpadas de LED, mais modernas, têm melhor custo benefício. Aí, investiu e trocou toda a iluminação da casa.
“Primeiro, pela questão da eficiência energética, que ela oferece uma porcentagem grande de economia e uma mesma quantidade de lumem de uma fluorescente e, principalmente, uma incandescente. Além do fator economia, tem a questão do meio ambiente, dos riscos que são menores. A lâmpada led é mais simples que uma fluorescente e não tem produtos químicos. Evita acidentes e o descarte é mais fácil”, disse o autônomo.
A vida útil da lâmpada de LED é maior que a da fluorescente. No entanto, ela pesa um pouco mais no bolso. Para Carlos Gustavo Castello Branco, engenheiro eletricista e professor da Universidade Federal do Ceará (UFC), vale a pena investir.
“No geral, você consegue reduzir bastante a questão do consumo, cerca de 4 vezes se comparada a fluorescente. E a vida útil também é bem estendida. Você consegue reduzir pelo menos a metade da iluminação no consumo residencial”, explicou o especialista.
As lâmpadas de LED também são menos nocivas para o meio ambiente, pois não têm mercúrio na composição, esclarece o professor.
“Levando em consideração na conta de energia e o efeito da sustentabilidade, o descarte dessas lâmpadas, que é uma questão preocupante, pois você não encontra em Fortaleza um lugar para esse descarte”, concluiu.
O uso da lâmpada fluorescente por quatro horas diárias resulta numa vida útil de 3 anos e meio. Já a LED dura um pouco mais de 10 anos.

←  Anterior Proxima → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário