Noticias Policias do Estado Ceará

TRAVESTI E EXECUTADO A BALA EM PLENA AVENIDA PERIMETRAL EM FORTALEZA. VEJA OS DETALHES

Um homicidio a bala foi registrado na noite de hoje 30/04/2018 em Fortaleza, a vitima um travestir que segundo informes fazia ponto em frente ao motel ZAP, na avenida perimetral  bairro João Paulo 2.

O mesmo foi perseguido e executado a bala por dois homens que fugiram em uma moto de placa não anotada.

As motivações para esse crime ainda são desconhecidas a policia devera investiga o casso.

veja o vídeo do local do crime...





COMPARTILHAR:

Cuidadora de idosos é presa após furtar 200 mil do patrão no dia em que ele morreu


Uma mulher de 48 anos de idade foi presa na cidade do Crato, na Região Sul do estado, o Cariri (a 540Km de Fortaleza), acusada de furtar cerca de R$ 200 mil de uma idosa. Além de grande parte do dinheiro, a Polícia recuperou também muitos objetos que a ladra havia furtado da casa da vítima.
A investigação foi realizada pela equipe de inspetores da Delegacia Regional do Crato após a idosa (identidade preservada) descobrir que o dinheiro e muitos objetos seus haviam sido furtados. Ela contou que a ladra, identificada como Elizabete Feitosa de Sousa Lima, 48 anos, se ofereceu para ajudá-la a cuidar do marido, também muito idoso e enfermo. Há duas semanas o homem acabou falecendo.
No mesmo dia do velório do idoso, a suposta cuidadora entrou na casa e furtou cerca de R$ 200 mil em espécie, além de vários objetos do casal, como móveis, ferramentas e utensílios domésticos. Colocou tudo dentro do seu carro e levou para casa.  A viúva prestou queixa à Polícia e logo os policiais descobriram que a mulher que havia sido contratada para cuidar do casal de anciões era a autora do crime. Logo, os policiais foram até a casa dela.
Na residência de Elizabete os policiais encontraram cerca de R$ 134 mil dos R$ 200 mil furtados, além dos objetos que ela havia se apoderado. Na delegacia, ao ser autuada em flagrante por crime de furto qualificado (com abuso de confiança), a ladra disse que praticou o crime para “se vingar”, afirmando que idoso que ela cuidava “era um homem muito ruim”.
COMPARTILHAR:

FORTALEZA: Homem é baleado durante assalto



Um homem foi atingido por tiro durante um assalto no Bairro Dionísio Torres, em Fortaleza. O caso aconteceu por volta das 19h deste sábado (28).

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, um grupo de três pessoas estava realizando assaltos na região da Avenida Antônio Sales. Em uma das abordagens, eles lesionaram com arma de fogo um motorista que dirigia na via. Eles também levaram objetos da vítima.

Populares encaminharam o homem, de 42 anos, até uma unidade hospitalar. Até o momento, os criminosos não foram encontrados pela polícia.

Fonte: G1 CE





COMPARTILHAR:

HORIZONTE: Mulher é encontrada morta em rua

Ela estava com vários ferimentos ocasionados por arma de fogo.

Uma mulher foi morta no município de Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza, na madrugada deste domingo (29).

A Secretaria da Segurança Pública informa que a vítima, ainda não identificada, foi encontrada em via pública com ferimentos ocasionados por arma de fogo. Ela ainda foi levada a uma unidade hospitalar, mas não resistiu aos ferimentos.

Ela foi encontrada ao lado de uma motocicleta modelo Honda Pop100, de cor vermelha. O veículo foi encaminhado à Delegacia Metropolitana de Horizonte.

Fonte: G1 CE





COMPARTILHAR:

Fim de semana registra 36 assassinatos e Ceará já acumula 1.709 casos de homicídios em 2018

Veja imagens de alguns locais de crimes no fim de semana 
Cais do Porto 4 Parque Tijuca
Cais do Porto (Fortaleza)                                        Parque Tijuca (Maracanaú)
Maracanaú 3 Varjota
Residencial 1 (Maracanaú)                                     Varjota (Município)
Capuã morte Pacajus
Capuã (Caucaia)                                                       Bairro Aldeia (Pacajus)
Trinta e seis pessoas foram assassinadas no Ceará nos três primeiros dias do fim de semana prolongado em virtude do feriado do Dia do Trabalhador, na terça-feira (1º de maio). Com isso, o número de Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLIs) no estado, no acumulado de janeiro a abril, chega nesta segunda-feira (30) a 1.709 casos. Entre os dias 1º e 29 de abril, foram registrados 350 assassinatos, sendo a maioria, 118 casos, em Fortaleza.
Entre a última sexta-feira (27) e o começo da madrugada de hoje (30), 36 pessoas foram assassinadas nas seguintes áreas do estado, Fortaleza (com 10 casos), Região Metropolitana de Fortaleza/RMF (13), Interior Sul (8) e Interior Norte (5). Entre as 36 pessoas assassinadas, estão quatro mulheres. Duas foram mortas na Capital (nos bairros cais do Porto e Jacarecanga). Outras duas, na Região Metropolitana, nos Municípios de Maracanaú (no Parque Tijuca) e Pacajus (no bairro Aldeia).
Em Fortaleza, os 10 assassinatos do fim de semana ocorreram nos seguintes bairros: Jangurussu (2 casos), Cais do Porto, Siqueira, Vila Velha, Floresta, Itaperi, Jacarecanga, Bom Jardim e Aldeota.
Na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), 13 pessoas foram assassinadas nas últimas 72 horas, nos seguintes Municípios: Caucaia (4 crimes), Maracanaú (3), Pacajus (2) Horizonte (2), Maranguape e Itaitinga.
No Interior Sul, oito assassinatos mobilizaram as autoridades policiais nos seguintes Municípios: Jaguaribara, Russas, Morada Nova, Crato, Barro, Tabuleiro do Norte, Jaguaribe e Milhã.
No Interior Norte, foi registrada a menor quantidade de homicídios no fim de semana. Foram apenas cinco casos, nos Municípios Santa Quitéria, Varjota, Itapajé, Cruz e Guaraciaba do Norte.
Mulheres mortas
Ainda na sexta-feira (27), a Polícia registrou o assassinato de uma mulher em Fortaleza. O crime aconteceu na Rua Amâncio Philomeno, no bairro Cais do Porto, no Grande Mucuripe. A jovem Francisca Élita Ribeiro de Sousa, 25 anos, foi assassinada a tiros por dois homens que fugiram numa motocicleta. A Polícia suspeita é de que o crime está ligado ao tráfico de drogas na comunidade.
Na tarde de sábado (28), o corpo de uma jovem foi encontrado com marcas de violência em uma estrada de terra na comunidade Parque Tijuca, no Município de Maracanaú. O corpo da vítima estava ao lado de uma bicicleta. A garota não foi identificada e, provavelmente, morta a golpes de faca. O corpo foi recolhido pela equipe da Perícia Forense (Pefoce).
Na madrugada de domingo (29), uma jovem foi assassinada, a tiros, no bairro Aldeia, no Município de Pacajus. Vítima não foi identificada.
E no começo do domingo, por volta de 18 horas, mais uma mulher acabou sendo assassinada. O crime ocorreu na Rua São José, no bairro Jacarecanga, em Fortaleza. A vítima recebeu vários golpes de faca e teve morte imediata.
POR. FERNANDO RIBEIRO
COMPARTILHAR:

SANTA QUITERIA:. JOVEM É EXECUTADO A BALA NO BAIRRO PIRACICABA.

O crime ocorreu neste sabado 28/04/2018,  na Rua Manoel Rufino Magalhães, Bairro Piracicaba em Santa Quitéria, e a vítima foi :  
Gerardo Rodrigues de Paiva Filho, filho de Gerardo Rodrigues de Paiva e Roza Albuquerque de Paiva, nascido aos 13/09/1991, natural de Santa Quitéria, residente no local onde aconteceu o crime.
Segundo informações a vítima se encontrava sentado na calçada de casa, quando foi alvejado com pelo menos três disparos de arma de fogo.
Segundo informações os autores foram dois elementos armados em uma motocicleta Bros de cor vermelha, sem placa.
Após o crime os indivíduos fugiram tomando rumo ignorado.
A vítima morreu no local e seu corpo foi removido para o IML.
A PM realizou diligências porém até o momento a autoria do crime não foi identificada.


FONTE:BLOG IPORAGA



COMPARTILHAR:

HOMEM E EXECUTADO EM RUA DO FLORESTA E EXECUTORES AINDA TENTARAM QUEIMAR O CORPO DA VITIMA VEJA OS DETALHES.



Mais um crime barbaro registrado pela policia militar nas ruas de Fortaleza, a vítima tem idade aparente de 25,anos.
Ninguém chegou a reconhecer e pelo menos se sabe quem é a vítima e se sabem ninguém quiz falar nada por medo.



Aqui no local e uma travessa no final da rua Pitanga no Bairro Floresta.
Foi morto com vários tiros de 380 maioria na cabeça.



E tentaram atiar fogo no corpo,a vítima está com alguns panos pregados no corpo,o pano já queimado e vários fósforo ao lado e as cápsulas da 380 a pistola que foi encontrada.
Mas no local prevalece a lei do silêncio ninguém fala nada como foi quem foi e quem é a vítima.







COMPARTILHAR:

NA CIDADE DO MEDO A MORTE NÃO PARA NÃO DESCAÇA HOMICÍDIO A BALA REGISTRADO NA AVENIDA DOM ALMEIDA LUSTOSA


Mais um crime de morte registrado agora na região metropolitana de Fortaleza, o fato aconteceu na avenida Dom Almeida Lustosa, no bairro da Jurema em Caucaia. A vitima ainda sem identificação apenas informações de populares que o mesmo era evolvido com criminosos e teria sido eliminado por inimigos na noite de hoje a policia esta no local aguardado a chegada da DHPP. 
Sem Mais informações. 


COMPARTILHAR:

Fim de semana prolongado começa violento no Ceará com assassinatos na Capital e em 5 cidades do interior

Cais do Porto 4 Cais do Porto 5
Francisca Élita Ribeiro de Sousa, 25 anos ,foi morta quando tinha o filho de 5 anos no colo
Barro 700
Um ex-presidiário foi assassinado, a tiros, na manhã deste sábado, na cidade de Barro, no Cariri
O fim de semana prolongado com o feriado do Dia do Trabalhador, na próxima terça-feira, começou de forma violenta no Ceará. Entre a manhã de sexta-feira (27) até o meio-dia deste sábado (28), a Polícia fez o registro de, pelo menos, sete assassinatos, sendo quatro deles no Interior. Em Fortaleza, mais uma mulher foi morta por conta da guerra entre facções do crime.
Por volta de 15 horas de sexta-feira, uma mulher foi executada a tiros na presença de familiares. O crime ocorreu na Rua Amâncio Filomeno, no bairro Cais do Porto, na zona Leste de Fortaleza. A vítima, identificada como Francisca Élita Ribeiro de Sousa, 25 anos, estava sentada na porta de casa com o filho, de 5 anos, no colo. De repente, surgiram dois homens em uma motocicleta e mandaram que ela entregasse a criança para uma prima que estava ali. Em seguida, foi executada com dois tiros na cabeça. Há quatro meses, a mãe de Élita foi assassinada da mesma forma e no mesmo local.
Já por volta de 19 horas, um jovem, ainda não identificado, foi executado sumariamente a tiros na Avenida Perimetral, no bairro Siqueira. A vítima seria um adolescente e aparentava em torno de 15 anos. Ele seguia à pé para casa quando foi atacado pelos assassinos e morto com tiros na cabeça. Moradores da área informaram que não o conheciam e que, certamente, ele não residia ali.
No Interior
Cinco pessoas foram mortas nas últimas 24 horas nos seguintes Municípios: Jaguaribara, Russas, Morada Nova, Crato e Barro.
Em Jaguaribara (a Km de Fortaleza), um jovem identificado como Jonathan Bandeira de Oliveira, 20 anos, foi morto a tiros na tarde de sexta-feira. Era por volta de 14h40 quando o rapaz foi emboscado por desconhecidos próximo de casa, na sede do Município, e recebeu vários tiros.
Em Russas (a 163Km de Fortaleza), um jovem de 22 anos morreu ao ser baleado quando caminhava pela Rua Cônego Agostinho, no Centro da cidade. A vítima foi identificada como Rafael da Silva Rocha, 21 anos.
No Crato (a 540Km de Fortaleza), um crime misterioso ocorreu também na tarde de sexta-feira. Era por volta de 16 horas quando a Polícia foi acionada para ir até o Bairro São José. Ali, dentro de uma residência, foi encontrado morto Cícero Moreira, 41 anos. Ele morava na casa e foi encontrado na residência pelos vizinhos, apresentando marcas de violência, um grande ferimento na cabeça. Há suspeitas de que tenha sido morto a pauladas.
Em Morada Nova (a 163Km de Fortaleza) , um home d e 46 anos, identificado por J.D.S.A., de 46 anos, foi assassinado, a tiros, na localidade São José. A Polícia não revelou detalhes do crime nem a identificação completa da vítima.
Na manhã deste sábado (28), um crime de morte foi registrado na cidade de Barro (a 467Km de Fortaleza). UM ex-presidiário, identificado como Sebastião Salmito Ferreira dos Santos, 33 anos, foi atacado e morto a tiros quando seguia para o Hospital Santo Antônio, onde prestava serviços comunitários como parte do pagamento de sua pena em regime semi-aberto. Ele foi julgado e condenado por ter assassinado, em outubro de 2010, seu próprio primo, João pereira do Nascimento Neto, então com 37 anos.
Por. Fernando Ribeiro


COMPARTILHAR:

Adolescente é fuzilada nas ruas do Bom Jardim numa noite de terror e toque de recolher no bairro


Rabecão da Pefoce recolheu o corpo da garota na Rua Juliana Nojosa, na noite de ontem
Uma garota de aproximadamente 17 anos, se tornou a mais recente vítima da guerra travada entre facções criminosas nas ruas do Grande Bom Jardim nas últimas 48 horas. Na noite desta quinta-feira, em meio a um toque de recolher imposto pelos bandidos no bairro, a jovem foi executada a tiros. A Polícia só apareceu no local do crime cerca de uma hora depois, segundo o relato dos moradores. O clima continua de tensão no antes denominado “Território da Paz”, na zona Sul de Fortaleza.
Passavam poucos minutos das 19 horas, quando um grupo de quatro pessoas seguia à pé pela Rua Juliana Nojosa, próximo à comunidade Marrocos, quando foram surpreendidas pelos assassinos. Eram homens pertencentes a uma das facções criminosas em “guerra” pelo território. A garota foi a escolhida do grupo para a execução sumária. A jovem foi tirada do meio de seus amigos e fuzilada, sem chance alguma de defesa.
Segundo os moradores, o corpo da garota ficou estendido no meio da rua deserta, até que, cerca de uma hora depois, uma patrulha da Polícia Militar apareceu após uma chamada anônima à Ciops relatando o assassinato. Equipes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da perícia Forense do Ceará (Pefoce) iniciaram as investigações. A Polícia acredita que o crime tenha sido praticado por ordem de traficantes da região.
Pânico e toque de recolher
A disputa de facções nas ruas do Bom Jardim deixou um rastro de sangue e morte nas últimas 72 horas. Na madrugada de quarta-feira (25), um intenso tiroteio ocorreu na comunidade do Urubu, quando um grupo de criminosos encapuzados e fortemente armados tentou invadir o território de outra facção e se deparou com duas patrulhas da PM. Os policiais sofreram uma emboscada e o tiroteio se estendeu por mais de uma hora. Um PM ficou ferido.
Horas depois, por volta do meio-dia, outro cerco policial no mesmo bairro, terminou em tragédia. Um garoto de apenas 6 anos de idade foi baleado e morto quando a Polícia tentava prender duas ex-presidiárias que escondiam armas e drogas em uma residência na Rua Nova Conquista. Segundo versão da PM, a tia do garoto, que havia atirado contra os policiais da Coordenadoria de Inteligência Policial (CIP) e baleado um militar, usou o próprio sobrinho como “escudo humano”. O garoto José Isaac Santiago da Silva não resistiu aos ferimentos a tiros. A avó também ficou ferida.
Ainda na quarta-feira, já à noite, durante uma perseguição a um grupo de bandidos armados nas ruas do Bom Jardim, um jovem morador daquela comunidade foi atropelado e morto por uma viatura descaracterizada do Serviço de Inteligência da PM. Em seguida, moradores fizeram um protesto no bairro e queimaram pneus.
Por Fernando Ribeiro



COMPARTILHAR:

BPRaio recebe 140 novas motos para ampliar atuação na Capital e interior

As 140 motos integram o primeiro lote de um total de 292 novos veículos que serão entregues até o início de junho


O Governo do Ceará entregou, na manhã desta quinta-feira, 26, 140 motos para ampliar o Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) em Fortaleza e no Interior do Estado. Já são 1.604 novos veículos entregues no governo Camilo Santana (PT). 

As motocicletas, da marca Honda, possuem mil cilindradas (volume de combustível em litros que o motor é capaz de queimar a cada movimento dos seus pistões) e passaram por modificações de fábrica em sua estrutura para se adequarem à função de policiamento ostensivo. O investimento nos veículos foi superior a R$ 8 milhões. 



  "Esse modo de patrulhamento permite deslocamento muito mais rápido, atendimento mais rápido às demandas. As motos já foram testadas e aprovadas pelos nossos policiais, então vamos usar para, realmente, prestar um melhor serviço à sociedade", afirma o titular da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa. 

A entrega dos equipamentos ocorreu na manhã desta quinta-feira, 26, no estacionamento do Ginásio da Parangaba, com a presença do gove
rnador Camilo Santana e da cúpula da Secretaria da SSPDS.

Fonte. JP

COMPARTILHAR:

Guerra de facções causa pânico, mortes e tiroteios no Bom Jardim

No cerco  da PM a uma casa de traficantes, um menino foi baleado e morto nesta quarta-feira
O clima é de guerra no bairro Bom Jardim, outrora batizado de “Território da Paz”. A presença de duas facções criminosas em disputa pelo domínio de área tem provocado uma sequência de mortes e tiroteios diários nos últimos 10 dias, culminando em uma emboscada de bandidos a policiais militares na madrugada de quarta-feira (25), em que um militar ficou ferido. Depois disso, mais cenas de violências aconteceram. Um garoto de seis anos foi morto a tiros durante um cerco policial e um jovem atropelado e morto por um carro roubado que era perseguido pela PM.
A “guerra” no Bom Jardim, à exemplo do que ocorre em outros bairros de Fortaleza e Municípios da Região Metropolitana da Capita cearense, envolve as facções Guardiões do Estado (GDE) e Comando Vermelho (CV). A primeira está instalada na Favela do Urubu, enquanto a segunda domina a comunidade Marrocos. O estopim para a onda de tiroteios e mortes foi a decisão dos “cabeças” do CV de tomar dos inimigos a favela do Urubu em resposta a um recente assassinato de um dos seus membros. Os dois grupos estão fortemente armados.
O grupo da GDE possui pistolas, revólveres e espingardas de calibre 12. Os do CV estão mais armados, com submetralhadoras e fuzis. O poder de fogo dos dois bandos desafia a Polícia. Na madrugada desta quarta-feira, cerca de 20 “soldados” do CV entraram nas ruas e becos do Urubu em uma caminhonete modelo Amarok, roubada, para eliminar os membros da GDE, foi quando duas patrulhas da PM apareceram na rua. O resultado, foi um embate que só terminou quando os militares ficaram sem munição e, acantonados, pediram reforço. Até o apoio de outras companhias e batalhões da PM chegar, deu tempo de os criminosos deixarem um PM baleado e fugirem do local em meio a rajadas de submetralhadoras e tiros de fuzil e pistolas.
Relato dramático de PM
“Quando chegamos na Rua do Canal, que dá acesso ao Urubu, as composições (patrulhas) se depararam com uma picape Amarok, com vários indivíduos de balaclava (capuzes), roupas pretas e com as armas em punho, inclusive, elementos na carroceria da mesma, com armas longas”, postou nas redes sociais o PM que acabou ficando ferido.
E ele prossegue em seu relato dramático. “Nesse momento, fomos recebidos com uma rajada de tiros. As composições desembarcaram e se abrigaram de imediato, e foi pedido um S21 (reforço ou apoio) na freqüência de rádio da Ciops) e logo teve início uma intensa troca de tiros. Diga-se de passagem, que no meio dos tiros dos elementos (bandidos), vinha uma vez ou outra uma rajada e alguns estampidos muito altos, diferentes dos que a gente tem costume de escutar, e muita bala ricocheteando nas paredes e no chão do local”.
E continua: “Já com alguns minutos de tiroteio no local, apareceram mais uns dez indivíduos, com as mesmas características, de outra rua, foi quando a vantagem numérica, que já era deles, ficou mais intensa e com mais tiros em nossa direção. As composições já estavam ficando sem munição, e foi quando eu já estava no meu último carregador (de pistola) e eu cadenciando os disparos, dois a dois, fui alvejado no antebraço direito. Quando percebi, só tinha uma munição de resto,somente (a bala) a que estava na agulha”, narrou o militar. Baleado, o PM foi socorrido pelos colegas e levado para um hospital próximo, onde foi medicado e, logo em seguida, recebeu alta.
Menino morre
Na sequência dos fatos, por volta do meio-dia, ainda da quarta-feira, equipes da Coordenadoria de Inteligência Policial (CIP, foram recebidas a tiros em outra rua do bairro e cercaram uma casa de onde partiam os disparos e era suspeito de armazenar armas. Uma ex-presidiária fez uma criança de 6 anos de “escudo humano”. Em meio a negociação para a rendição da criminosa, ocorreram tiros. O menino Isaac foi baleado e morreu a caminho do hospital. Mais três pessoas, incluindo um PM e a traficante, ficaram feridos a tiros, mas sem gravidade
Por Fernando Ribeiro


COMPARTILHAR:

VIOLÊNCIA URBANA: Menino de 6 anos morre baleado durante cerco da PM a uma casa de traficantes no Bom Jardim

O pequeno Isaac foi feito "escudo humano" e acabou sendo baleado e morto

Dois policiais baleados, uma criança morta a tiros e um jovem atropelado e morto em meio a uma perseguição policial. Este foi o saldo de mais um dia de confrontos armados entre bandidos e a Polícia no bairro Bom Jardim, zona Sul de Fortaleza. A “guerra” travada entre duas facções criminosas pelo domínio de território já chega ao seu quarto dia com registros de violência em alto grau.
Nesta quarta-feira (25), os confrontos começaram ainda durante a madrugada e terminaram com um policial militar baleado com um tiro no braço. O tiroteio durou cerca de uma hora e uma patrulha da PM sofreu uma emboscada. A troca de tiros aconteceu nas proximidades da comunidade do Marrocos, que, juntamente com a comunidade do Urubu, é dominada pela facção Guardiões do Estado (CV). Bandidos das duas comunidades estão em guerra com criminosos oponentes pertencentes ao Comando Vermelho (CV), que dominam o Conjunto Habitacional Miguel Arraes, do programa “Minha Casa, minha Vida”.
Criança
O tiroteio ocorrido na madrugada e que deixou ferido um policial militar identificado como cabo PM Farias, ocorreu por volta de 3 horas e se estendeu até o amanhecer da quarta-feira (25). Segundo relatos do militar, um grupo fortemente armado, vestindo roupas pretas e usando balaclavas (capuzes), além de armas de grosso calibre, como escopetas, submetralhadoras e pistolas, emboscou a patrulha na Rua do Canal, já próximo da Favela do Urubu.
Os militares foram cercados, trocaram tiros com os criminosos até acabar a munição. Segundo o cabo Farias, os bandidos estavam em uma caminhonete modelo Amarok e usavam armas longas. Os militares foram salvos com a chegada de reforços de outras companhias e batalhões. O PM foi levado para o Hospital Frotinha de Parangaba e submetido a uma cirurgia de pequeno porte e liberado.
A PM reforço a ação na área, e, por volta do meio-dia, uma equipe da Coordenadoria de Inteligência Policial (CIP), chegou a um endereço na Rua Nova Conquista, onde, segundo denúncias, havia armas e drogas escondidas. Os PMs à paisana foram recebidos à tiros e um deles ficou ferido, o segundo em poucas horas. No cerco, a Polícia descobriu que duas mulheres estavam armadas e uma delas fez uma criança como refém para impedir a ação da PM.
Em meio às negociações, houve um tiroteio e a criança usada como “escudo humano” foi baleada e morta. Era o menino José Isaac Santiago da Silva, de 6 anos. A avó dele, Francisca Iracema Neco, 56 anos, também foi ferida a tiros, assim como a mulher armada que resistiu à prisão. Após o tiroteio, a Polícia invadiu a casa e prendeu a ex-presidiária Francisca Antônia Neco Santiago e a companheiras desta. As duas mulheres foram presas. Antônia usa uma tornozeleira eletrônica e saiu da cadeia há cerca de três meses.
Outra morte
Já na noite de ontem, novo cerco policial terminou em morte, quando policiais receberam a informação de que novamente os bandidos da Comunidade do Urubu estariam se armando para atacar a PM na região. Um carro modelo Gol foi perseguido pelas ruas do bairro. O carro era ocupado por vários bandidos fortemente armados. Em um cruzamento, os criminosos invadiram a contra-mão e acabaram atropelando um rapaz que voltava de uma academia de ginástica para casa. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local do acidente. Os bandidos fugiram à pé, abandonando o veículo .
Fonte: Jornalista Fernando Ribeiro 




COMPARTILHAR:

EM FORTALEZA: Delegado afastado do cargo é encontrado baleado em seu apartamento

Delegado Romério Almeida foi afastado do cargo de titular do 34º pelo prazo de 60 dias
O delegado de Polícia Civil, Romério Moreira de Almeida, tentou suicidar-se na manhã desta quinta-feira (26) em seu apartamento, no bairro Dionísio Torres. O delegado teria disparado dois tiros contra si, sendo um no tórax e outro no ouvido direito.  Inicialmente, ele foi encaminhado à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular e, depois, transferido para o IJF-Centro. No dia anterior, Almeida foi afastado do cargo de titular do 34º DP (Centro), por ordem da Justiça, sob  suspeita de crime de corrupção. O pedido foi feito pelo Ministério Público estadual (MPE).
Uma equipe do Samu foi acionada para ir ao edifício residencial onde o delegado reside com a família, na Rua Paula Ney, no bairro Dionísio Torres. De lá, ele foi encaminhado ao Hospital Gastroclínica. Em seguida, foi transferido para o  Instituto Doutor José Frota (IJF-Centro), onde uma equipe de neurocirurgiões deverá submetê-lo à procedimentos clínicos. A Polícia Civil ainda não se manifestou sobre o assunto.
Segundo o relato da equipe que fez o primeiro atendimento ao delegado, o quadro de saúde dele é estável.
De acordo com as investigações do Ministério Público Estadual, através do seu Núcleo de Investigação Criminal, e do grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), o delegado Romério Almeida teria praticado crime de corrupção juntamente com o ex-policial civil (ex-escrivão) e advogado criminalista Hélio Nogueira Bernardino.
Corrupção
Os dois suspeitos foram alvos de uma ação policial batizada de “Operação Renault” realizada nesta quarta-feira (25). Mandados judiciais de busca e apreensão foram cumpridos nas residências dos investigados, além de diligências também no gabinete do delegado (no 34º DP ) e no escritório do advogado. A operação foi autorizada pelo juiz de Direito, Henrique Jorge Granja de Castro, atendendo a um requerimento do MP.
Escutas telefônicas autorizadas pela Justiça revelaram que o delegado e o advogado receberiam a quantia de R$ 3 mil (R$ 1,5 mil para cada um) para liberar o carro apreendido em poder de um traficante identificado como Anderson Rodrigues da Costa, atualmente preso no Presídio da Cigana, em Caucaia, onde também foi feita uma busca na cela ocupada pelo detento.
Na manhã desta quarta-feira, o afastamento do delegado foi oficializado e confirmado pelo delegado-geral da Polícia Civil, Everardo Lima. Na manhã desta quarta-feira, o afastamento do delegado foi oficializado e confirmado pelo delegado-geral da Polícia Civil, Everardo Lima. A medida judicial tem o prazo de 60 dias.
Por Fernando Ribeiro




COMPARTILHAR:

PCCE: Polícia Civil do Ceará prende estelionatário paulista que atuava em território cearense

Em coletiva de imprensa, nesta quarta-feira (25), a Polícia Civil do Ceará (PCCE) divulgou uma ação do 2° Distrito Policial (DP), que resultou na prisão de um estelionatário paulista, suspeito de aplicar golpes em território cearense. A prisão aconteceu na última sexta-feira (20), no bairro Aldeota – Área Integrada de Segurança 01 (AIS 01). 

Em São Paulo, o suspeito já responde criminalmente por embriaguez ao volante e estelionato. Além disso, o criminoso também responde por associação criminosa por delitos cometidos na cidade de Campinas.

Danilo de Souza Paiva (31) foi preso em posse de um cheque no valor de R$ 4.972,00, que seria descontado no banco. Conforme o delegado Pedro Viana, as investigações visando capturar o suspeito, iniciaram após o registro de Boletins de Ocorrência (B.O), em que vítimas noticiavam a ação criminosa cometida pelo paulista.

Com as diligências, foi identificado que o golpe era realizado após Danilo e comparsas terem acesso aos dados cadastrais de clientes de bancos, o que permitia a emissão de documentos falsos. Em seguida, os criminosos seguiam até agências bancárias, onde conseguiam talonários de cheques mediante a apresentação de cédulas de identificação falsas.

Em seguida, o grupo falsificava a assinatura das vítimas e preenchia cheques com valores elevados, em torno de R$ 5 mil. Feito isso, o passo seguinte dos criminosos era cancelar o chip do aparelho celular da vítima, que era fornecido ao banco como contato, e habilitar outro com o mesmo número. Isso ocorria antes de um dos membros do bando descontar o cheque na boca do caixa, uma vez que o funcionário da instituição financeira sempre acionava o cliente, visando confirmar a transação.

Na ligação, outros integrantes se passavam pelo proprietário do cheque, o que concluía a ação criminosa. Danilo foi encaminhado ao 2° DP, onde foi ouvido e autuado em flagrante por estelionato e na Lei das Organizações Criminosas. Agora, a Polícia Civil cearense mantém as investigações visando identificar os demais envolvidos no esquema fraudulento.
Fonte: SSPDS.


COMPARTILHAR:

Bandidos assaltam turistas que faziam passeio em dois bugues nas dunas da Prainha

Cinco turistas tiveram documentos,dinheiro e celulares levados pelos três assaltantes, que estavam armados


O cenário é paradisíaco. Nas dunas da Prainha, em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza, o passeio de cinco turistas e dois bugueiros terminou de maneira desagradável. O grupo foi assaltado por três homens enquanto fazia passeio de bugue pela área nesta terça-feira (24). A Delegacia Metropolitana da cidade investiga o caso. Três vítimas já foram ouvidas e deram detalhes do ocorrido.
Em dois bugues, turistas passeavam pelas dunas, passeio comum para quem visita o local. Ao pararem para fotografar o momento, o grupo viu um homem em uma motocicleta e dois a pé se aproximando. Ainda naquele momento, não imaginavam que se tratavam de assaltantes, pois dois deles vinham a pé.
Notando que estavam armados, turista e bugueiros não reagiram e entregaram pertences. Foram levados câmeras fotográficas, dinheiro, celulares e documentos. Dos cinco turistas, apenas dois, um de Brasília e outro de Rondônia, registraram Boletim de Ocorrência.
A polícia investiga se os autores do crime são do município de Eusébio, também na Região Metropolitana de Fortaleza. Eles teriam entre 18 e 23 anos. Bugueiros da área relatam que a área precisa de mais segurança, mas foi o primeiro caso no local.
Fonte. TBC
O SEU PORTAL DE NOTICIAS POLICIAS DO ESTADO DO CEARÁ.
COMPARTILHAR:

LATROCÍNIO: Dupla que matou empresário era reincidente em roubos.

O adolescente já havia sido apreendido por tentativa de roubo e em dezembro do ano passado por receptação.


Os detalhes da investigação, que resultou na apreensão do adolescente e na prisão do adulto foram divulgados, na manhã de ontem, em coletiva de imprensa. Na ocasião, os antecedentes criminais dos suspeitos foram apresentados ( FOTO: CID BARBOSA )


Luís Djacy Rodrigues de Sousa Júnior, 23, foi preso no bairro José Walter, na Capital. O comparsa dele, adolescente de 16 anos, foi detido no Interior do Estado

O empresário e diretor esportivo Roberto Mamede Studart Soares, 54, foi morto em um assalto, por dois suspeitos que são reincidentes em roubos. A dupla foi capturada pela Polícia Civil poucas horas depois do crime, ocorrido na tarde da última segunda-feira (23), no bairro Papicu, em Fortaleza. Luís Djacy Rodrigues de Sousa Júnior, 23, foi preso no bairro José Walter, na Capital, enquanto o adolescente de 16 anos de idade foi encontrado no Município de Morada Nova (a cerca de 165 km de distância do local do crime).
A vida de cometimento de atos infracionais do adolescente começou antes dos 15 anos, quando foi apreendido pela primeira vez por roubo. No ano passado, ele foi capturado mais duas vezes. "Os dois moram na área do Jangurussu. O menor já foi apreendido em janeiro do ano passado, por tentativa de roubo. Em dezembro agora (2017), por receptação. O maior de idade já tinha passagens por roubo e desacato. Os dois confessaram a sua participação, que estavam juntos e acabaram praticando esse latrocínio", informou o titular da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa, em coletiva de imprensa concedida na manhã de ontem.
O adulto preso já respondia a dois processos no Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) por roubo. No primeiro caso, ele foi preso em flagrante no dia 14 de setembro de 2013, ao assaltar pessoas que estavam em uma parada de ônibus na Avenida Alberto Craveiro, no bairro Dias Macêdo, em Fortaleza. Em 14 de março de 2014, a juíza Adriana Aguiar Magalhães, da 15ª Vara Criminal, expediu alvará de soltura com medidas cautelares a favor do assaltante.

No dia 25 de junho de 2014, Luís Djacy voltaria a ser preso, por um roubo de um celular na antiga Avenida Dedé Brasil, no bairro Serrinha. A juíza Marileda Frota Angelim Timbó, da 14ª Vara Criminal, determinou a liberdade do acusado, através de alvará de soltura, expedido no dia 11 de maio de 2015.

Diligências

Após o crime que vitimou o empresário, investigadores da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) analisaram câmeras de segurança, levantaram o perfil dos dois suspeitos e se deslocaram até as suas residências, no bairro Jangurussu, com apoio da Unidade Tática Operacional (UTO).

No imóvel de Luís Djacy, os policiais apreenderam a motocicleta utilizada no latrocínio, mas não o encontraram. Ele foi localizado no José Walter, próximo à Unidade de Pronto Atendimento (UPA). O adolescente também não estava na sua residência, mas a Polícia descobriu que ele tinha familiares em Morada Nova e uma equipe se dirigiu para o Município.

O diretor da DHPP, delegado Leonardo Barreto, atribuiu as prisões ao trabalho da Polícia Civil e a denúncias anônimas. "Por ser uma ação cirúrgica, técnica, com apresentação de indícios convincentes e certeiros, não teve outra alternativa. Os indivíduos, uma vez confrontado com todos esses indícios, decidiram colaborar com as investigações e admitiram a autoria delitiva, inclusive dando detalhes da ação criminosa", revelou.

Luís Djacy irá responder a latrocínio e corrupção de menores, enquanto o jovem apreendido, a um ato infracional análogo ao latrocínio. Segundo Barreto, a moto havia sido roubada no Pará e adulterada para ser usada em ações criminosas.
Arma
O diretor de Esportes Amadores e Olímpicos do Fortaleza Esporte Clube, onde era conhecido como Betinho Studart, foi morto em uma tentativa de assalto, em frente à agência do Banco do Brasil da Avenida Santos Dumont. Conforme a investigação, o adolescente portava a arma de fogo, enquanto Luís Djacy de Sousa deu apoio à ação criminosa, na motocicleta.

"Eles combinaram de sair nessa motocicleta para achar uma vítima não definida, uma oportunidade para cometer esse crime patrimonial. Ficaram nas imediações do banco, um deles afirmou que o alvo seria outro motociclista que estava próximo a um supermercado, mas que não conseguiram fazer a abordagem", contou o diretor da DHPP.

                                         

Ao verem Betinho Studart sair do banco, os criminosos perceberam um volume no bolso da vítima e imaginaram que seria dinheiro. Entretanto, Barreto afirmou que o empresário não tinha feito saque, mas sim depositado um valor. Imagens de uma câmera de monitoramento mostram que o adolescente corre até Studart e o aborda na entrada do seu veículo. A vítima reage, trava uma luta corporal, chega a derrubar o assaltante, mas acaba recebendo três tiros e morre no local.


O secretário André Costa lamentou a morte, mas ponderou que o número de 'saidinhas bancárias', neste ano, é pequeno. Segundo o Sindicato dos Bancários do Ceará, foram três ocorrências em 2018. "Já estamos terminando o mês de abril e vocês sabem que, anos atrás, eram números muito maiores de 'saidinha de banco'. Infelizmente, esse terceiro caso aconteceu ontem e um cidadão de bem veio a óbito por causa dessa ação", pontuou.

O delegado Leonardo Barreto afirmou que Betinho Studart se colocou como "vítima em potencial" ao reagir ao assalto. "Existe algo que a gente chama de triângulo do crime: gente motivada, ambiente favorável e vítima em potencial. O fator que o cidadão tem de controle é não se colocar em uma situação de vítima em potencial. Não estamos falando que a culpa é da vítima, mas há elementos que contribuem para isso. Uma vez que foi surpreendido, o ideal, porque você está em desvantagem, é não esboçar reação, sob pena de acontecer o pior e pagar com a própria vida".

Fonte: Diário do Nordeste

O SEU PORTAL DE NOTICIAS POLICIAS DO ESTADO DO CEARÁ.
COMPARTILHAR:
← Anterior Proxima  → Página inicial

HORA CERTA

"SALES ARMEIRO"

"SALES ARMEIRO"
O PORTAL DE NOTÍCIAS 190CE TEM O APOIO DE “SALES ARMEIRO”.💥🔫 O melhor Curso de armeiro profissionalizante do Brasil, e aqui em Fortaleza, 1e 2 escalão.* INDICADO PARA PROFICIONAIS DA ÁREA DA SEGURANÇA PUBLICA E PRIVADA, RESEVA DE ARMAMENTO, CAÇADORES, ATIRADORES DESPORTIVO E COLECIONADORES. VAGAS LIMITADAS GARANTA JÁ A SUA. Rua Prof. Joaquim Nogueira N 65ª Bairro Antônio Bezerra. Próximo ao 10 Distrito Policial. Telefones. 085-98778.0668. 085-99632.2369. SW. MARKETIG E PROPAGANDAS DIGITAIS. 📞85-98577.6615

"INSTITUTO FEDERAL DE ENSINOU E INVESTIGAÇÃO''

"INSTITUTO FEDERAL DE ENSINOU E INVESTIGAÇÃO''
O PORTAL DE NOTÍCIAS 190CE TEM O APOIO DO "INSTITUTO FEDERAL DE ENSINO E INVESTIGAÇÃO'' O Instituto Federal de Ensino e Investigação, esta com vagas abertas para os cursos de Detetive Particular e Agente de Investigação Privada. CURSOS DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL A DISTÂNCIA. Venha fazer parte de uma das profissões que mais cresce no pais atualmente, com uma instituição seria e renomada em todo Brasil. Matricule-se já, para mais informações acesse o nosso site. www.ifirnbrasil.com Ou também através dos Telefones. 84 988201876 - 84 998946169. Falar com Jackson Delinge.

PROPAGANDA

PROPAGANDA
ANUNCIE COM A GENTE AQUI O RETORNO E GARANTIDO. 85.984198060 ZAP