Nas últimas 24 horas, diversos são os compartilhamentos de uma matéria entitulada ''“Mini Vulcão” aparece na Região Metropolitana de Fortaleza'' , a imagem que circula na internet, mostra ao fundo, os serrotes da cidade de Marangupe contendo uma fumaça que supostamente seria de um vulcão em erupção, e em primeiro plano a igreja matriz.

O Portal Sert News, buscou reunir todos os dados e entrou em contato com moradores daquela cidade que negam ter havido qualquer fenômeno além do natural da região serrana do Ceará. 

A imagem na internet, trata-se de uma queima de roçados - locais usados para o plantio, e não foram registradas no ano 2019 e sim ao final de 2017, é comum na época do final do verão, agricultores e lavradores fazerem a famosa ''broca'', fato este que gera fogo e fumaça.

Boatos podem ter sido espalhados com base em históricos de supostos vulcões

Em 2017, também houve o mesmo alarme, naquela época, uma pequena fenda apresentou água fervente e tão logo assustou moradores e alertaram as autoridades que inclusive emitiram nota de esclarecimento, veja.

''Em vídeo que circula nas redes sociais, alguns moradores de Maranguape apontam até para o surgimento de um "mini vulcão" na região, o que já foi completamente descartado pela Defesa Civil do Estado. "Não existe este tipo de fenômeno no Ceará. O que pode estar acontecendo é uma movimentação de terra que, por conta da pressão do local, que fica a aproximadamente 400 metros de altitude, esteja gerando este evento", destaca Francisco Brandão, chefe do núcleo de sismologia da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Ceará (Cedec). Há suspeitas que a fenda também esteja sendo influenciada por fontes termais existentes na serra. - Extraída do Jornal Diário do Nordeste

Fake News

Internautas modernos, tem deixado de lado a prioridade de buscar informações baseadas na verdade dos fatos, é comum o espanto e o espirito de levar temor aos demais, alertas desnecessários, algo que pode ser prejudicial, principalmente por veículos de imprensa que acabam sendo forte ferramenta para disseminar fatos nocivos. 

Postar um comentário

 
Top