A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) registrou queda no número de roubos e furtos em todo o Ceará. Em fevereiro, os Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVP) registraram queda em todas as regiões do Estado.
Na categoria do CVP 1, que abrange crimes como roubo a pessoa, a queda foi de 21,7% em todo o Ceará. O número de crimes que era de 4.254 caiu para 3.331. Das quatro regiões, a maior redução foi registrada no Interior Sul, com – 35,6%; sendo 371 em 2018, e 239 em 2019. Depois, vem a Região Metropolitana da Capital, com uma redução de 21,3%, baixando de 705 para 555.
Fortaleza ficou com a terceira maior queda, com – 20,7%. Em 2018 foram 2.774 ocorrências, e em igual período neste ano, foram 2.199. Por último, o interior norte caiu de 404 casos para 338, o que corresponde à redução de 16,3%. Em números gerais, a redução foi de 923 ocorrências.
No acumulado de janeiro e fevereiro, a queda foi de 25,7%. Nos dois primeiros meses de 2018, foram 8.798 casos. Neste ano, o acumulado reduziu para 6.540. Interior Norte também vem reduzindo, com – 30,2% , baixando de 734 para 512. Já Fortaleza, a queda foi de 28%, caindo de 5.882 para 4.233. No interior norte, a porcentagem foi de -18%, passando de 798 para 654. E por último, a Região Metropolitana caiu de 1.384 CVPs para 1.141, corresponde a 17,6%.
Na categoria de CVP 2, que engloba roubos de carga, de veículo, a residência, a banco e roubo com restrição de liberdade da vítima, a queda foi ainda maior no mês de fevereiro. No Ceará a redução foi de 47,6%, passando de 911 casos para 477. Na Região Metropolitana, a redução foi de 50,4%, indo de 256 casos para 127; no Interior Sul o decréscimo foi de 38%, passando de 100 casos para 62. Por último, o Interior Norte reduziu 9,4%, passando de 85 casos para 77.
No acumulado do ano, foram 959 ocorrências a menos, o que corresponde à redução de 49,7%. Em 2018, foram 1.931 CVPs. Já no acumulado de 2019, esse número caiu para 972 casos. Fortaleza tem se destacado com a maior queda, entre as regiões, com 61,1% de redução. Neste ano, foram 402; e em 2018, foram 1.034.
Na Região Metropolitana da Capital, a queda foi de 51,8%. Em 2018, foram 510. Já neste ano, foram 246 casos. No Interior Norte, a queda foi de 13,3%, passando de 211 para 183. Já no Interior Sul, os CVPs baixaram de 176 CVPs para 141, corresponde à redução de 19,9%.
A gente tem atuado de forma inteligente, sempre otimizando os nossos recursos. Por isso, continuaremos com esse trabalho, pois sabemos que estamos no caminho certo. Seguiremos com as mesmas estratégias e dedicação para mantermos os números positivos durante todo o ano”, disse o secretário de Segurança, André Costa.

Postar um comentário

 
Top