Uma mulher de 49 anos foi enterrada viva no cemitério de Peraia perto de Salônica Noroeste da Grécia e acordou gritando dentro do caixão, os funcionários do cemitério contaram que ouviram gritos desesperados vindo do túmulo da mulher que havia sido enterrada apenas uma hora.
“Parecia que alguém vivo tentava ser ouvido e esmurrava o caixão em busca de Socorro”, “A mulher gritava muito, era um barulho desesperador” informou pessoas que estavam no local.
A polícia foi chamada local e o resgate também ao abrir o túmulo eles descobriram que a mulher havia sido enterrada, mas já era tarde demais ela morreu sufocada.
O corpo foi retirado pela equipe de resgate e deverá passar por novos exames.
A família contou que vai processar a clínica que atestou que a mulher estava morta.
 Os médicos foram Procurados para dar declarações a respeito do caso, e disseram que o coração da mulher não estava batendo e ela apresentou sinais de rigidez cadavérica por isso foi declarada como morta.
 A mulher morreu em decorrência de um câncer e pelo que tudo indica havia sido enterrada viva e morreu ao acordar dentro do caixão por sufocamento.
No Paquistão uma adolescente de 13 anos também passou por uma situação parecida, ela foi enterrada viva depois que foi abusada por dois homens ponto os homens tentaram se livrar da jovem e a enterraram ainda viva, no entanto adolescente conseguiu retirar a terra da cova e escapou com vida.


Postar um comentário

 
Top