A polícia de Araripe prendeu na manhã desta terça-feira um jovem após madrugada de fúria por conta de uma situação registrada na noite de ontem no município de Potengi. O...






A polícia de Araripe prendeu na manhã desta terça-feira um jovem após madrugada de fúria por conta de uma situação registrada na noite de ontem no município de Potengi. O raspador de mandioca Sebastião Marconi Moreira da Silva, de 26 anos, apelidado por “Macaxeira” estava participando de uma festa dançante aos beijos, abraços e bebedeira com uma pessoa.


No intervalo entre uma música e outra, ele foi ao banheiro e amigos seus o acompanharam para informar que o mesmo estava namorando uma travesti. Imediatamente, retornou ao salão e passou a agredi-la quando a vítima fugiu sem ser identificada e sabe-se apenas que mora em Assaré. A gozação dos amigos invadiu a madrugada e no retorno a Araripe onde “Macaxeira” reside.


As provocações aumentaram com a participação de vizinhos na Rua José Calazans situada no bairro Alto da Caixa D´Água. De repente, ele apanhou um machado e uma faca passando a dizer que estava com o “cão nos couros”. Completamente transtornado, “Macaxeira” danificou uma moto Yamaha Factor YBR de cor preta e placa OIK-4854 cortando o banco com a faca e amassando o tanque de combustível com machadadas.

O veículo pertence a agricultora e sua vizinha Geane da Silva Pereira, de 44 anos, a qual foi reclamar contra a atitude do homem enfurecido. Entretanto, quebrou o portão da casa dela com o machado e adentrou a residência passando a destruir vários moveis. Ao sair, o raspador de mandioca foi direto ao Bar do Eder do comerciante Edmar Roberto de Sousa quando quebrou prateleiras, geladeira, fogão e garrafas de bebidas.

Como se não bastasse, “Macaxeira” saiu perseguindo pela rua e com a faca uma mulher grávida no caso Francisca Tainara Pereira da Silva, de 21 anos. Ele prometia matá-la, mas não a alcançou e a mesma está internada no Hospital Lia Loiola de Alencar. O acusado foi preso às 07h30min em sua casa por uma patrulha da PM de Araripe com o Cabo R. Costa e os Soldados Fabrício e Charles.

Logo depois, foi conduzido para os devidos procedimentos na 19ª Delegacia Regional de Policia Civil em Crato. “Macaxeira” estava para ser autuado em flagrante para responder por crimes de agressão, ameaças e danos materiais. O mesmo já responde um procedimento perante a Comarca de Araripe já que na noite do dia 18 de outubro de 2015 praticou crime de lesão corporal num caso de violência doméstica.

(Fonte: Site Miséria)



Postar um comentário

 
Top